Os dados são da Anacom e apenas nestas tecnologias apuram um crescimento do número de clientes ligados: 2,7%. O crescimento não é, no entanto, suficiente para inverter a tendência de queda no segmento, que totalizou os 4,5 milhões no período, menos 0,1% que nos três meses anteriores e que nos mesmos três meses de 2012.

Nos acessos RDIS o número de subscritores de serviços de telefonia fixa diminuiu 2,1%, enquanto nas tecnologias suportadas em redes móveis o recuo foi de 1,1%, revela também a estatística trimestral da Anacom.



No que se refere às quotas de mercado dos prestadores de serviços, os números do regulador das comunicações revelam que a PT mantém a liderança do mercado com 56,9% dos acessos, um valor que também recuou face aos três meses anteriores (em 0,2%). A Zon é a operadora que se segue com uma quota de 20,3%.



Entre abril e junho de 2013, em média, cada utilizador do serviço fixo de telefonia falou com outros clientes da rede fixa 123 minutos por mês; 13 minutos por mês para números móveis e 8 minutos para números internacionais.

A mensalidade média do serviço (quando não é contratado em pacote com outras ofertas) ronda os 14,6 euros, olhando aos dados apurados no Barómetro das Telecomunicações da Marktest.



Os serviços de telefonia fixa renderam aos operadores, no período em análise, 746,7 milhões de euros, um valor 0,9% abaixo do registado no mesmo trimestre do ano passado.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.