O homem de 35 anos é suspeito de ter realizado 6 roubos, recorrendo a arma branca, e operava na estação da CP de Roma Areeiro e nas suas imediações, explica o Comando Metropolitano de Lisboa em comunicado.

O ladrã abordava as vítimas, sempre jovens estudantes, ainda no interior da estação ou nos acessos e pedia para tirar uma selfie com elas, levando-as para locais mais isolados com o pretexto de que serem ideais para a fotografia. Depois ameaçava-as com uma navalha e roubava o dinheiro, telemóveis, MP3, auscultadores e outros artigos que estavam na sua posse.

A PSP adianta ainda que, em duas das situações, o homem atuou na companhia de uma mulher, e que além dos telemóveis roubou também cartões multibanco, obrigando as vítimas a dar o código secreto.

A policia conseguiu localizar o suspeito na sequência das descrições das jovens vítimas e conseguiu apreender ao homem dois telemóveis, um relógio e auscultadores roubados, que foram entregues aos proprietários.

O homem é também suspeito de outros roubos no interior de transportes públicos e já tem antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, tendo já cumprido pena de prisão.

A detenção foi realizada no dia 5 de maio e o homem já foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa para o primeiro interrogatório judicial, tendo ficado em prisão preventiva.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.