É uma espécie de “as suas compras na ponta dos dedos” aquilo que se propõe com estes anéis que começaram a ser falados há cerca de um ano e que permitem fazer pagamentos através de tecnologia de comunicação por campo de proximidade (NFC). São na base uma variante de outros dispositivos que já existem e que procuram substituir os tradicionais pagamentos com cartão.

Os atletas olímpicos, dos jogos que decorreram em junho de 2016 no Rio de Janeiro, foram os primeiros a “deitar a mão” ao novo dispositivo, com a Aldeia Olímpica na Cidade Maravilhosa a servir de teste para a Visa mostrar ao mundo o potencial desta nova forma de "pagar" pelas compras.

Em agosto a empresa anunciava a disponibilização dos seus anéis de pagamento para pré-encomenda, uma situação que se prolonga até à data.

Entretanto, houve quem se antecipasse e colocasse no mercado um dispositivo com os mesmos propósitos, depois de ter recolhido financiamento através do KickStarter. Chama-se Kerv e pode ser adquirido online por 99 libras.

Por enquanto está apenas disponível para o mercado britânico, permitindo fazer pagamentos em transportes públicos, compras várias e até destrancar portas – para quem tiver um cadeado contactless.

  

De acordo com os seus criadores, vale por si próprio não necessitando de qualquer tipo de carregamento energético, nem sequer de emparelhar com o smartphone – logo também não depende da autonomia da bateria deste.

Vem com um Mastercard pré-pago que pode ser recarregado com crédito via essa mesma plataforma ou através de Visa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.