A Radiomóvel pretende requerer à Anacom a transformação da sua licença de operadora de serviços móveis para grupos fechados numa licença semelhante às da A TMN, Vodafone e Optimus.

O pedido será remetido à entidade reguladora assim que esta encerrar formalmente o concurso para o quarto operador móvel, revelou fonte da empresa ao jornal Público.

Este concurso terminou sem vencedor, já que a Rede Nacional de telecomunicações (RNT), a quem seria entregue a licença, falhou a entrega de uma garantia bancária.

Se o pedido for aceite, Radiomóvel poderá oferecer serviços de voz e dados sem restrições, ainda que “se esteja a falar de uma operação de pequena dimensão”, na ordem de “algumas centenas de milhares de utilizadores”, referiu ao Público.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.