A Simpay anunciou que suspendeu todas as suas operações na sequência do abandono de um dos membros fundadores, a operadora alemã T-Mobile. O consórcio foi fundado em 2003 pela Orange, Telefónica Móviles, T-Mobile e Vodafone e tinha como objectivo gerir os procedimentos relativos a pagamentos para aparelhos móveis, promovendo o m-commerce.

De acordo com uma declaração, divulgada na homepage da organização, "na consequência da decisão de abandono de um dos membros fundadores, a Simpay anuncia que não vai prosseguir a sua actividade numa escala pan-europeia como inicialmente previsto".

O mesmo comunicado refere que as operadoras terão a oportunidade de explorar os direitos de propriedade intelectual da Simpay a nível nacional, embora a interoperabilidade internacional permaneça uma meta.

Brevemente, os membros darão parecer dos seus planos individuais. "Todas as operadoras envolvidas na Simpay continuam a partilhar a perspectiva do potencial do mercado móvel e a importância da oferta de um modo de pagamento a todos os fornecedores de conteúdos", conclui a declaração.

Recorde-se que um dos objectivos da Simpay era introduzir a funcionalidade de pagamentos de baixo valor a partir da conta de telemóvel dos seus utilizadores. Os montantes mais avultados também estavam previstos, uma vez que a empresa dispunha da tecnologia que possibilita realizar pagamentos que envolvam cartões de crédito e débito.

Outro dos objectivos traçados era que, em 2004, cerca de 20 países já estivessem cobertos com a plataforma. Porém o processo foi demorado e só nos próximos meses é que o serviço iria ficar disponível em Espanha e na Bélgica.

Notícias Relacionadas:

2003-06-24 - Associação para o desenvolvimento do mcommerce muda de nome para Simpay

2003-03-03 - Operadoras europeias juntam-se em iniciativa m-commerce

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.