O preço e as funções cada vez mais apelativas, bem como o design, estão alargar o âmbito de utilizadores de smartphones e a alterar a condição de produto de nicho que estes telefones com sistema operativo começaram por ter.



Sincronização com o email do escritório, programas de escritas, agenda e ferramentas do Office são apenas algumas das funções oferecidas pelos smartphones que de acordo com as previsões da Gartner podem atingir os 81 milhões de unidades até final do ano.



O número coloca o segmento a valer 8 por cento do mercado móvel, mais 2 por cento que no ano passado graças não apenas à evolução prevista nesta recta final do ano, mas também devido à boa performance das vendas no primeiro semestre quando aumentaram 50 por cento face a igual período do ano passado.



Um dos principais factores a contribuir para a cada vez melhor aceitação dos smartphones é o preço que começa a descer para valores mais equiparados aos de outros equipamentos móveis com um leque mínimo de funcionalidades multimédia.



Para os operadores o sucesso deste segmento são boas notícias uma vez que a utilização destes equipamentos traz normalmente associado um maior consumo de serviços de dados, que fazem aumentar o ARPU.



Notícias Relacionadas:

2006-11-22 - Vendas de telemóveis aumentam 21,5% no terceiro trimestre

2006-11-20 - Sistema operativo Symbian está presente em 100 milhões de smartphones

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.