A Telecom Italia foi obrigada pelo tribunal de recurso de Milão a fornecer à Tele2 41 mil linhas ADSL. A decisão do tribunal surge na sequência de um processo iniciado pelo operador sueco, depois de ver recusado o seu pedido pelo incumbente.



De acordo com a argumentação da Tele2, a Telecom Italia ter-se-á recusado a fornecer 41 mil das 155 mil linhas pedidas pela operadora nos últimos meses. Quando fornecidas, as linhas demoraram vários meses até estarem operacionais.



O incumbente italiano rejeitou as acusações alegando que em 70 por cento dos casos os clientes estão já a usar serviços de banda larga. A Tele2 refutou este argumento apresentando os resultados de um inquérito a 2200 clientes com os quais a empresa estava em falta, em termos de prazos.



De acordo com a decisão, divulgado pelo jornal italiano Radiocor, a Telecom Itália tem agora um prazo de 42 dias para fornecer as linhas.



Notícias Relacionadas:

2005-07-15 - Tele2 compra operadora espanhola do Grupo Oni

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.