A TMN anunciou hoje uma reformulação da sua oferta de Internet no telemóvel. A operadora introduz um modelo de acesso suportado numa tarifa plana que está disponível na versão diária e mensal e que permite ao utilizador consumidor até 100 megas de tráfego mês, por 7,5 euros, ou até 10 megas por 0,99 euros/dia.




A nova oferta pode ser subscrita através do 12300 e está disponível para cerca de metade do portfólio de equipamentos da empresa. É complementada com novidades ao nível do portal de acesso ao serviço de Internet, que se torna menos restritivo que o anterior Portal i9, permitindo o acesso sem restrições a toda a web.




Este novo portal foi desenvolvido em parceria a Mobicomp e inclui uma versão web do motor de pesquisa do SAPO. Novidade é também o browser desenvolvido pela Opera e adaptado à TMN, que adequa o tamanho e o formato das páginas web à dimensão do ecrã móvel.




A TMN não avança para já previsões relativamente à evolução do serviço mas Zeinal Bava, presidente da empresa, mostra-se optimista. Em conferência de imprensa, o responsável reconheceu que hoje 70 por cento do tráfego não voz processado pela TMN ainda são SMS, mas também referiu que ao longo dos últimos meses o crescimento do tráfego de outro tipo de dados tem sido significativo e que esta é mais uma aposta nesse sentido.




Uma das apostas ganhas é para a TMN o serviço de Mobile TV, que inspirou o modelo tarifário agora usado para o acesso genérico à Internet, já que foi este serviço a introduzir a tarifa plana nos dados móveis acessíveis a partir do telemóvel. De acordo com os dados fornecidos pela TMN, este serviço acumula já 150 mil utilizadores mensais.




Metas definidas e já tornadas públicas pela TMN apontam para o objectivo de concentrar 25 por cento da facturação da operadora nos dados, num horizonte temporal a três anos.




A título de exemplo, a TMN indica que a sua proposta tarifária para a subscrição mensal do acesso à Internet permite aceder a mil páginas web mês, 2 mil emails e efectuar 50 downloads de músicas completas. Com os limites impostos para o valor de subscrição diário é possível aceder a pelo menos 100 páginas web, 200 emails e fazer o download de 5 músicas completas.




Quando um utilizador excede o tráfego que a TMN definiu como razoável para os pacotes de subscrição diária e mensal recebe uma mensagem que o avisa e informa do desligamento do serviço. Não será iniciado qualquer período adicional de contagem de tráfego, sublinha a empresa.




No primeiro mês o acesso ao serviço, que fica activo depois da instalação do browser e do novo portal, é gratuito. As indicações para o download das novas ferramentas de navegação são fornecidas via SMS depois de ligado o número de activação do serviço.

Notícias Relacionadas:

2007-04-27 - TVI inicia transmissão no serviço de mobile TV da TMN

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.