Depois da Vodafone e da Optimus lançarem o Vodafone Live! e o Optimus Zone, respectivamente, a TMN mostrou hoje o i9, o seu Portal Multimédia. Tendo por base o conceito da simplicidade e facilidade de utilização, o i9 agrega conteúdos e serviços das várias empresas do grupo, estando igualmente aberto à participação de parceiros externos, afirmou Iriarte Esteves, presidente da TMN.




Durante a apresentação Miguel Horta e Costa, presidente do Conselho Executivo da Portugal Telecom, reafirmou a estratégia do grupo de integrar cada vez mais as diferentes áreas de negócio, ressalvando que isso será feito dentro do que é permitido pelo quadro regulatório. Por isso, o i9 junta os conteúdos do SAPO, Lusomundo e TV Cabo, entre outros.




Embora seja o último operador móvel a lançar o seu Portal Multimédia, Iriarte Esteves afirmou em conferência de imprensa que a TMN continua a apostar em soluções úteis e oportunas e não só em explorar novas tecnologias. "O i9 é um instrumento inovador e ao mesmo tempo um factor de inovação ao estender as possibilidades de comunicação do telemóvel para além da voz", salientou o presidente da TMN.




O i9 foi desenhado para esconder a complexidade tecnológica e procurar a simplicidade de utilização, por isso a TMN não destaca a palavra GPRS durante a comunicação do lançamento, nem refere a plataforma aberta da Symbian utilizada como base do serviço no telemóvel Nokia 3650, o mesmo usado no serviço concorrente Optimus Zone.



Organizado em 9 áreas temáticas, o i9 destaca-se por ser o único dos operadores portugueses a dar acesso a informação dos três principais canais portugueses disponibilizados em antena aberta (a RTP, SIC e TVI), e ainda algumas áreas de desporto e a manutenção de serviços como o Aqui Perto e bilheteiras Lusomundo, explicou Eduardo Claúdio, director da área de dados e conteúdos da TMN.



O i9 está associado ao telemóvel Nokia 3650 e ao serviço. O custo do pacote é de 399 euros, mas os clientes que já possuírem o equipamento podem fazer um upgrade gratuito de software nas lojas da TMN se o desejarem para terem acesso ao portal. Eduardo Claúdio garantiu que no próximo semestre devem ser lançados outros telemóveis compatíveis com o i9 que podem ser comercializados a preços mais baixos, que poderão ser mais apetecíveis para os clientes da empresa.



Iriarte Esteves afirmou ainda que a TMN espera conseguir 20 a 30 mil clientes para o i9 até ao final do ano e que tem a confiança de que em 2004 este valor atingirá as centenas de milhar. Não querendo comentar a data provável de lançamento do serviço UMTS, depois de ontem ter sido revelado durante o Investors Day da PT que a empresa queria ser a primeira a lançar o 3G em Portugal, Iriarte Esteves salientou novamente que o i9 já é um serviço de terceira geração.



Através dos serviços de dados a empresa espera conseguir aumentar o peso dos serviços não-voz na sua facturação para 12 a 13 por cento em 2004. Estes serviços representam actualmente 8,5% do valor de receita da empresa e poderão chegar aos 20% até 2005, admitindo Iriarte Esteves que contribuem mais para as margens e rentabilidade da empresa do que os serviços de voz.

Notícias Relacionadas:

2003-06-04 - Optimus Zone com Internet "verdadeira" através de browser da Opera Software

2003-01-08 - Vodafone live! com "saldo" positivo nos dois primeiros meses de funcionamento

2002-11-06 - Vodafone concretiza promessas do 3G com Vodafone live!

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.