O serviço oferece banda larga com uma velocidade a partir dos 20 Mbps no download para 6 Mbps no upload, com mensalidades a partir de 29,95 euros. Há ainda que somar um custo de instalação de 120 euros. A proposta não está associada a contratos de fidelização, pelo que o cliente pode abandonar a oferta quando quiser.



O produto está disponível em Portugal há cerca de seis meses através da Banda Larga Rural, a empresa espanhola que comercializa a tecnologia de satélite KA-SAT, que detém a licença para operar no mercado português e que assumia a vertente comercial do negócio.



Um acordo agora assinado com a Nucleotel, distribuidora de serviços de telecomunicações assume a partir deste mês a vertente comercial da operação, que passa a disponibilizar numa rede de 155 agentes espalhados pelo país.



Em declarações ao TeK, José Guedes, gerente da Nucleotel, diz que o serviço quer "colmatar algumas falhas de cobertura no território nacional". O responsável da empresa, que já comercializa serviços de comunicações dos principais operadores, garante que esta experiência permitiu à Nucleotel perceber que há muitas localidades no país sem acesso a qualquer serviço de Internet, o que justifica o interesse na comercialização de uma oferta deste tipo.



O nordeste transmontano, o interior centro do país, a serra algarvia e os projetos de turismo rural em zonas isoladas são as prioridades da empresa de Viseu para divulgar a nova oferta. O objetivo fixado pela empresa, em termos de angariação de clientes, é de mil novos subscritores do serviço em seis meses.



Os pacotes e respetivos preços das ofertas Tooway.

[caption]preços tooway[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.