A Vodafone anunciou hoje uma nova redução de 7 por cento da taxa de terminação na interligação entre a rede fixa e a rede móvel Vodafone. A nova taxa entrará em vigor no mês de Janeiro e permitirá uma redução no preço ao público das chamadas entre a rede fixa e a rede da operadora, "caso os operadores fixos façam repercutir essa baixa", sublinha a operadora em comunicado.



A redução da taxa de terminação anunciada pela operadora é a terceira este ano. As reduções anteriores foram ambas de sete por cento e ocorreram em Julho e Outubro. Pelas contas da Vodafone estes três movimentos permitiram uma redução global da taxa de interligação em 20 por cento.



No mesmo comunicado, a operadora garante ser sua intenção reduzir novamente esta taxa na mesma ordem de grandeza, durante o próximo trimestre. Da decisão dependem as condições de mercado e o cenário regulamentar, a verificar na altura.



A TMN tem acompanhado a Vodafone na redução das tarifas fixo-móvel, sendo a Optimus o único operador que se recusa a alterar os valores cobrados ao operador fixo. A decisão é uma forma de pressão para que o regulador intervenha em áreas que a operadora considera mais urgentes e menos favoráveis ao incumbente (como a definição de novas regras para o mercado de ADSL), conforme já foi referido diversas vezes pelo presidente da Sonaecom, Paulo Azevedo.



Notícias Relacionadas:

2003-10-01 - Vodafone e TMN reduzem preço de interligação fixo-móvel em 7%

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.