As potencialidades do novo Office 2013!
Por: Luís Castelo Branco (*)

Robusto, virtual, simples, potente, colaborativo, social, são alguns adjetivos que se podem atribuir ao Office 2013.

Na minha opinião esta nova versão é, sem dúvida, uma grande evolução no modo como serão utilizadas futuramente as novas aplicações do Office da Microsoft.

Todas as aplicações do Office 2013 oferecem novas funcionalidades e potencialidades muito interessantes. Uma das mais relevantes é a utilização da nuvem com o designado Office 365, para armazenar, partilhar e aceder a toda a informação em qualquer parte, a partir de um dispositivo ou plataforma com ligação à Internet e com o Windows 7 ou o Windows 8.


[caption][/caption]

O Office 365 é um serviço único baseado na Web totalmente compatível com o Microsoft Office, combinando as funcionalidades de colaboração, comunicação e segurança de que necessitamos. Acrescentando mais poder ao Office que já conhecemos, facilita a comunicação e a colaboração com outras pessoas, permitindo desenvolver o nosso trabalho de forma segura e comunicar em tempo real a partir de praticamente qualquer lugar, através de outras plataformas além do computador, passando a ser integrado com as redes sociais: Facebook, Twitter e Skype.

A interface do Office 2013 não é muito diferente da do Office 2010. O Friso continua como o centro de controlo, embora o texto e ícones dentro do mesmo sejam um pouco maiores e com espaçamento maior, para tirar melhor proveito do espaço em monitores grandes e facilitar a interação em ecrãs sensíveis ao toque.

Atualmente ainda existem muitos utilizadores e empresas que usam versões anteriores, como o Office 2007, 2003 e até mesmo o Office XP ou 97 porque os programas conseguem satisfazer as suas necessidades.

Parece-me que um dos grandes desafios da Microsoft, ao desenvolver esta nova versão, foi acompanhar as tendências impostas pela evolução tecnológica, agregando-lhe mais-valias e oferecendo, efetivamente, novas funcionalidades, potencialidades e novas metodologias de trabalho em cada uma das várias aplicações, simplificando muito mais as tarefas do utilizador, em vez de recursos pouco utilizados ou simplesmente modificados, apelidando-a apenas de "nova versão".

Como já se esperava e, ao que tudo indica, a Microsoft pretende colocar o Office 2013 e o Office 365 no seu serviço de armazenamento e partilha online, o SkyDrive e o SharePoint fazendo assim concorrência direta a serviços como o Google Docs, Dropbox e SugarSync.

Ao obter a nova versão do pacote e quando é executado o login com uma conta do Windows Live, ganha-se um bónus de 20 GB de espaço grátis para armazenamento de ficheiros online.

O Office 2013 é, na minha opinião, muito mais do que uma nova versão. Confesso que aguardo com uma certa curiosidade e uma grande espectativa para ver concretamente de que forma a Microsoft faz evoluir o Office, tentando integrá-lo com o Windows 8 e com os serviços web que tem lançado.

(*) Formador Rumos | Microsoft Certified Professional
Formador na área de informática desde 1991, com vasta experiência profissional em diversas áreas, tais como, aplicações Microsoft Office Profissional, Internet, Introdução à Informática e Sistemas Operativos, assim como na área pedagógica, na Formação Pedagógica Inicial e Contínua de Formadores.
É Microsoft Certified Professional (MCP), Microsoft Office 2010 Master Specialist (MMS) e Microsoft Office 2010 Master Instructor (MMI) - certificações que o tornam reconhecido pela Microsoft com o grau máximo como Formador e Especialista em Microsoft Office Applications e outras ferramentas de Produtividade Empresarial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.