Como jogar para ganhar o jogo da gestão de projetos



Por Roberto Sousa



Muitos gestores de Projeto sentem o seu papel muito mais como um jogo do que um emprego comum. Alguns jogam para ganhar, enquanto outros esperam simplesmente pelo próximo lançar dos dados e outros não têm a menor ideia de como jogar.

Muitos gestores de Projecto sentem-se realizados em jogar este jogo, sendo capazes de produzir resultados acima do expectável. Outros simplesmente não sabem o que fazer, logo não podem influenciar porque claramente não compreendem as regras do jogo.

Uma vez iniciado o "Jogo de Gestão de Projetos", rapidamente, nos apercebemos que nunca haverá dinheiro suficiente, Pessoas e tempo, assim cada um tem de pôr em prática as suas habilidades interpessoais para obter os resultados pretendidos - o Projeto entregue.

Existem dois aspetos fundamentais de vertente humana quando o assunto é gestão de Projetos:
- As Pessoas influenciam o Projeto para o seu sucesso ou fracasso;
- Um problema de Projeto só pode ser resolvido por Pessoas.

Então, se as Pessoas são o núcleo central do Projeto vamos ver a forma como muitos gestores de Projeto jogam o jogo no domínio "relacional". Estes não se podem dar ao luxo de falhar porque a gestão de topo olha sempre para dois pontos-chave:

- Quem poupa dinheiro, ou seja, entrega a tempo, dentro do budget e mantém os índices de satisfação do Cliente;

- Quem gasta dinheiro, isto é, falhando milestones, permitindo conflito de equipas, ultrapassa o budget definido e promove a insatisfação do Cliente.

Neste sentido, as organizações procuram gestores de projeto com uma capacidade nata para entregar. A desvantagem para o jogo envolve o nominado comportamento "shark-like": careerism, scheming, underhanded negotiating for resources, political campaigning and unscrupulous behavior. Somente os Gestores de Projeto ingénuos acreditam que o trabalho árduo, o domínio do MS Project e o conhecimento dos documentos do Projeto farão um melhor gestor de projeto. Estes mitos, que considero antiquados, podem funcionar em Projetos de pequena dimensão mas não, definitivamente, em Projetos médios ou de grande dimensão nos quais a gestão de topo exige visões 360º instantâneas de orçamentos, recursos, tempo e outros elementos. Assim, como se joga este jogo?

Cada gestor tem de ser capaz de:

- Compreender, extremamente bem, a política;
- Estabelecer comunicação em tempo útil;
- Construir relacionamentos;
- Melhorar as suas habilidades de negociação com os outros caso pretenda ganhar.

Utilize as suas habilidades para ganhar
Um dos maiores motivos pelos quais muitos gestores de projeto não conseguem alcançar a chave do sucesso é pelo facto de ignorarem a política. É crucial aceitar a realidade da política.

Alguns passos a tomar são:
- Utilize políticas positivas para manter o seu projeto "On Track";
- Aprenda a conhecer o 'Não político' e a não ser vitimado por este;
- Neutralize as políticas negativas que possam ser utilizadas contra si;
- Faça uma gestão mais assertiva dos conflitos e não se sinta atraído a estes;
- Aprenda a aumentar o seu poder pessoal no local de trabalho e ser capaz de influenciar as decisões sobre o seu Projeto;
- Aprenda a manter uma vantagem sobre os outros e, assim, manter o Projeto "On Track";
- Construa relacionamentos e conheça as Pessoas do seu Projeto: fornecedores, sponsors e gestão de topo;
- Envolva-se desde o início. Por ser um jogador pró-activo será capaz de competir melhor com recursos mais escassos.

Estas dicas ajudarão a jogar o seu jogo, percorrendo assim com sucesso os campos minados da política na gestão de projetos.

*Process Manager da área de Governance da Mind Source

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.