Tal como diversas consultoras estimaram, o mercado de computadores portáteis continua em movimento ascendente, com os consumidores a adoptarem cada vez mais soluções que prezem a mobilidade em detrimento dos desktops.



No primeiro trimestre deste ano, só o segmento de ultra-portáteis registou um crescimento de 70 por cento face às vendas dos três meses anteriores. O resultado, segundo a Displaysearch deve-se ao aparecimento de modelos económicos de sucesso, entre os quais o Eee PC da Asus.



Caso a tendência se mantenha, a consultora prevê que ao longo do ano os ultra-portáteis registem vendas na ordem dos 13 milhões de unidades e continuem a potenciar o crescimento de 35 por cento do mercado "portátil" que, só no primeiro trimestre, registou a venda de 31,108 milhões de notebooks.



A HP manteve a liderança do mercado, com 6,46 milhões de computadores vendidos, o que representa um crescimento de 20 por cento face ao período anterior. Na tabela de vendas seguiu-se a Dell, com 4,86 milhões de computadores vendidos, a Acer (4,527 milhões), a Lenovo (3,21 milhões), a Toshiba (2,89 milhões), a Fujitsu Simens (1,61 milhões) e a Apple (1,433 milhões).



Notícias Relacionadas:

2008-05-28 - Três quartos dos PC vendidos em Portugal são portáteis

2007-02-16 - Segmento de notebooks empurra mercado nacional de PCs para terreno positivo em 2006

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.