A “conectividade” tornou-se uma parte vital das relações amorosas, familiares e de amizade, segundo um estudo da Kaspersky Lab.

Os resultados da análise, em que participaram 750 portugueses, revelaram que, quando não consegue utilizar os seus dispositivos, a maioria teme que os seus familiares e amigos se preocupem com eles (51%) ou que não possam ajudar alguém da família caso seja necessário (45%).

E as preocupações em redor do significado e a importância de ter os dispositivos móveis sempre ligados para as relações amorosas parecem justificar-se. É que as consequências de ficar sem rede, por exemplo, podem ir desde a perda de um encontro (21%), a problemas a longo prazo. Um em cada seis inquiridos (15%) admite já ter tido "problemas" com a sua cara-metade devido à falta de bateria, à perda ou ao roubo dos seus dispositivos móveis.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.