A partir do novo centro de I&D, localizado nas instalações da EvoraTech, a Create IT pretende desenvolver soluções destinadas a revendedores e distribuidores cloud de vários níveis, desde os que estão a começar na revenda de serviços, aos revendedores com elevado nível de customização dos seus sistemas e necessidades de integração à medida.

“Atualmente, e para este mercado, apenas existem players generalistas com ofertas transversais, e não soluções com capacidades de avaliação e predição. É essa a vantagem-competitiva e a grande aposta do novo Centro de I&D da Create IT”, refere a empresa portuguesa em comunicado enviado às redações.

As competências e soluções previstas para o Centro de I&D vão ser desenvolvidas em parceria com a Universidade de Évora. A escolha da localização foi feita com base em fatores como a possibilidade de realizar estágios e projetos de fim de curso com alunos da daquela instituição de ensino e de criar polos de nearshore para clientes internacionais, “para os quais a Universidade de Évora pode assegurar a formação e uma base de recrutamento de mão-de-obra qualificada”.

Entre as principais apostas de inovação está o desenvolvimento de soluções inteligentes de recomendação e simulação com base em Business Analytics, Machine Learning e Big Data e de mecanismos de incentivo à adoção dos serviços com base em Gamification.

No que respeita às geografias alvo das novas soluções, a Crete IT explica que no modelo SaaS a abrangência será global, ou seja, “destina-se a empresas com operações nos cinco continentes”. Já no modelo de Serviços, que tipicamente implica um maior nível de proximidade, a aposta será na Europa Ocidental, “nomeadamente Norte da Europa” - Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia e Irlanda.

As competências e soluções previstas para o Centro de I&D serão desenvolvidas em parceria com a Universidade de Évora e a sede estará localizada nas instalações da EvoraTech. A escolha baseou-se em fatores como a possibilidade de realizar estágios e projetos de fim de curso com alunos da daquela instituição de ensino e de criar polos de nearshore para clientes internacionais, “para os quais a Universidade de Évora pode assegurar a formação e uma base de recrutamento de mão-de-obra qualificada”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.