Assinado hoje em Haia, o na sede da Europol, o protocolo vem reforçar os laços entre as duas instituições, com o principal objetivo de melhorar a prevenção de crimes do mundo digital.


A cooperação entre as agências visa o reforço da capacidade institucional através de ações de formação e sensibilização; a cooperação na preparação de relatórios de análise ou no intercâmbio de conhecimentos e experiências.


Numa nota de imprensa a ENISA explica que fora do acordo fica a possibilidade de partilha de dados pessoais entre a agência responsável pela cibersegurança e a força de polícia europeia.


Dados apresentados pela ENISA indicam que o cibercrime representa custos anuais para a economia mundial de 400 mil milhões de dólares. este acordo de cooperação traduz um esforço para combater o impacto do fenómeno na região europeia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.