O índice revela que apenas 20% dos europeus nunca tiveram acesso à Internet (o valor diminui um terço face aos dados apurados há quatro anos). Também mostra que entre os mais desfavorecidos e as populações mais idosas a utilização da Internet cresceu, de 41% em 2010 para 57%, e que a utilização regular da Internet também aumentou. O número de pessoas que passou a utilizar a Internet pelo menos uma vez por semana cresceu de 60% para 72% nos últimos quatro anos.


Outro crescimento importante foi o que se registou ao nível das compras online. 47% dos europeus fazem agora compras online, um valor muito próximo dos 50% que a CE se propunha atingir até 2015. Os números mostram que 95 dos 101 objetivos digitais definidos pela Comissão Europeia até 2015 estão cumpridos



A CE identificou, no entanto, um conjunto de áreas a melhorar. No caso das empresas com menos de 250 empregados, os dados revelam que só 14% recorrem ao comércio online (a meta europeia para 2015 fixa-se nos 33%).



Os dados revelam ainda uma estagnação ao nível dos progressos realizados no domínio do governo eletrónico e também mostram que apenas 18% dos lares em zonas rurais têm acesso a banda larga de alto débito.



Num vídeo pode conhecer os principais números e a forma como tem evoluído cada um dos indicadores. O estudo completo está disponível online. Ontem já tinhamos detalhado os dados do índice referentes a Portugal.






Escrito ao abrigo do novo Acordo
Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.