A iniciativa “Call for Code” reúne a IBM e diversas organizações mundiais, como as Nações Unidas, a Cruz Vermelha Americana, a Linux Foundation e a David Clark Cause, com o objetivo de responder a situações de catástrofes e desastres naturais recorrendo a diversas tecnologias. Trata-se de um investimento de 30 milhões de dólares para um projeto de cinco anos, que também envolve a criação de mecanismos de antecipação.

O apelo para construir um futuro melhor vem do próprio presidente da IBM, Ginni Rometty, durante a conferência VivaTech em Paris, desafiando a indústria da tecnologia para a iniciativa “Call for Code”. Os programadores de todo o mundo são convidados a explorar dados e tecnologias de inteligência artificial, IoT, cloud computing e blockchain, para combater os desafios sociais impostos pela atualidade.

Assistente de inteligência artificial Watson da IBM vai estar onde quiser
Assistente de inteligência artificial Watson da IBM vai estar onde quiser
Ver artigo

Segundo refere a IBM, a tecnologia pode desempenhar um papel fulcral na abordagem às necessidades das populações mais vulneráveis e os que estão em risco de verem violados os seus direitos humanos. A Cruz Vermelha Americana contribuiu com a sua estratégia de apoio às vítimas para a iniciativa “Call for Code”, considerando que 2017 foi um dos piores anos de sempre no que refere a catástrofes naturais, tempestades, terramotos, incêndios e inundações.

Os 30 milhões de dólares garantidos para o projeto vão permitir que nos próximos cinco anos sejam criadas aplicações para ajudar a população durante os desastres naturais. Entre os exemplos dados, os programadores podem criar uma app que analise dados meteorológicos e alerte as farmácias quando devem aumentar o stock de medicamentos ou água engarrafada, considerando as condições adversas. Podem ainda criar uma app que consiga prever onde os desastres naturais terão mais impacto e prevenir a atuação das entidades de emergência.

Para incentivar os programadores, a IBM e a Linux Foundation vão financiar as ferramentas, as tecnologias em open source e a formação de especialistas. E no final, a equipa vencedora receberá um prémio financeiro e todo o apoio para transformar os projetos e protótipos em soluções viáveis.

A IBM explica que para participar no programa “Call for Code”, os programadores devem inscrever-se no site oficial. Os projetos podem ser submetidos individualmente ou em equipa de até cinco pessoas, com um prazo de entrega entre o dia 18 de junho a 31 de agosto. Serão selecionados 30 semifinalistas em setembro de 2018 e o vencedor será anunciado em outubro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.