Arranca esta quinta-feira um processo de candidaturas ao programa MIT Portugal, que pretende apoiar até 18 projetos de investigação exploratória, que serão financiados pelo orçamento de um milhão e oitocentos euros disponibilizado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT).

Os interessados podem candidatar-se a várias áreas, entre as quais o Espaço, as alterações climáticas e os oceanos, no âmbito do Azores International Research Center (AIR), as smartcities, a mobilidade sustentável, a manufatura inteligente e as tecnologias na saúde.

Pedro Arezes, diretor nacional do MIT Portugal, explica, em comunicado, que estes temas foram selecionados mediante uma análise dos significativos potenciais socioeconómicos que podem ter sobre o país.

Ao mesmo tempo, considera-se que tenham capacidade para reforçar as capacidades de Portugal na área da Investigação e Desenvolvimento.

Segundo o próprio MIT Portugal, as propostas devem contribuir para o aumento da competitividade da economia nacional “através de uma estreita colaboração entre parceiros privados, Instituições de Ensino Superior, instituições públicas sem fins lucrativos, entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional e o MIT”.

Esta fase de candidaturas marca também os derradeiros momentos daquela que é o segundo estágio do programa MIT Portugal. O terceiro estágio está já a ser desenvolvido e deverá incluir áreas científicas emergentes cujos efeitos podem vir a configurar o futuro.

O prazo de candidaturas termina no próximo dia 8 de março, pelas 17h00m (hora portuguesa). Se estiver interessado em participar, aceda ao site da FCT para se registar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.