O Movimento Código Portugal de 2017 decorre de 4 a 10 de dezembro, período durante o qual os alunos do ensino básico são convidados a construir pequenos programas de computador, através da combinação de blocos gráficos de código numa sequência de problemas simples. Tal é feito acedendo a uma plataforma que estará disponível a partir do site da iniciativa.

Nesta edição os estudantes têm que ajudar o Astrokid a reparar o satélite que foi atingido por um meteorito e a encontrar o foguetão para regressar a casa.

Ao longo da semana o desempenho dos alunos vai sendo divulgado no portal do Movimento Código Portugal e as três escolas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos que consigam resolver mais desafios com menos blocos recebem um robot e a visita ao FABLAB mais próximo da sua localização. Aí poderão produzir e imprimir no equipamento de corte a laser, a placa alusiva ao seu lugar na classificação.

Os vencedores são anunciados no domingo, dia 10 de dezembro, na sessão de encerramento do Movimento Código Portugal 2017 – Código das Estrelas, que se realiza no Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva, em Lisboa.

Recorde-se que o Movimento Código Portugal pretende promover a consciencialização do país para a importância da literacia digital e computacional, estimulando o desenvolvimento das competências associadas ao pensamento computacional.

Promovido pelo Governo, através das áreas da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Educação, Economia, Trabalho, Solidariedade e Segurança, está alinhado com a “Computer Science Education Week” e com o evento à escala global “A Hora do Código”.

Foi lançado em 2016 com a edição #1 - Árvore do Código, que mobilizou 1.132 escolas do ensino básico, secundário e profissional de todo o país, cujos alunos resolveram mais de 177 mil desafios utilizando mais de um milhão de blocos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.