A iniciativa vai ter um tópico diferente em cada semana e pretende garantir que cidadãos, empresas e entidades públicas tenham os recursos necessários para se manter seguros e protegidos online e chamar a atenção para as diferentes medidas que podem ser tomadas para manter as suas informações protegidas.

São mais de 300 as atividades que vão acontecer pela Europa durante o Mês Europeu da Cibersegurança, coordenado pela Agência Europeia para a Segurança das Redes e da Informação (ENISA), tais como conferências, workshops e campanhas online.

Em Portugal, o evento de arranque aconteceu a 29 de setembro, em Lisboa, seguindo-se, na segunda semana de outubro, a discussão sobre o tema Cibersegurança no local de trabalho.

A Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra vai ser palco de duas conferências, a 11 e 18 de outubro, onde vão ser debatidos temas como “O Direito Internacional e o Ciberespaço” e o “Phishing e o Ransomware”. O evento tem entrada livre, mas deverá ser feita uma inscrição prévia.

No Porto, a 12 de outubro, o tema em cima da mesa vai ser “Data Protection” e a campanha termina em Lisboa, a 31 de outubro, onde se vai falar das “Competências em Cibersegurança”.

Recorde-se que, segundo um estudo recente, Portugal está entre os países da União Europeia mais vulneráveis a um ataque cibernético, com 24% dos utilizadores portugueses de computadores a depararem-se com malware pelo menos uma vez por ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.