Já são conhecidos os resultados da edição de 2021 do European Cybersecurity Challenge (ECSC), a competição promovida pela Agência Europeia para a Cibersegurança (ENISA). Portugal competiu com uma equipa constituída por 10 jovens talentos nacionais, que se destacou-se no sétimo lugar do ranking europeu. Já Alemanha subiu ao primeiro lugar do "pódio", com a Polónia e a Itália a ocuparem o segundo e terceiro, respetivamente.

A edição deste ano contou com a participação de mais de 18 países, mais de 200 jovens talentos em competição, 350 participantes e 120 especialistas na área de Cibersegurança. Ao longo de quatro dias, as equipas de cada país foram desafiadas a resolver desafios relacionados com segurança informática: de segurança da web e de dispotivos móveis  a criptografia e engenharia reversa, passando ainda por engenharia social e análise forense, num formato de acumulação de pontos.

Os jovens foram selecionados no âmbito da iniciativa Cyber Security Challenge PT. A iniciativa resulta de uma cooperação entre o Centro Nacional de Cibersegurança, Instituto Superior Técnico, Universidade do Porto e conta com o apoio da AP2SI-Associação Portuguesa para a Promoção da Segurança da Informação e suporte do Consórcio Centro Internet Segura.

O Cyber Security Challenge PT é uma iniciativa que se insere no eixo Educação do programa INCoDe.2030, que visa treinar e formar as camadas mais jovens da população através do estímulo e reforço nos domínios da literacia digital e das competências digitais em todos os ciclos de ensino e de aprendizagem ao longo da vida.

Jovens portugueses representam o país na edição de 2021 do European Cybersecurity Challenge
Jovens portugueses representam o país na edição de 2021 do European Cybersecurity Challenge
Ver artigo

Anualmente, a iniciativa nacional promove uma competição de Capture The Flag (CTF), integrada na conferência C-Days, onde os participantes testam as suas competências nas várias áreas da segurança informática. Através da competição é depois selecionada uma equipa de 10 estudantes, entre os 15 e 26 anos, para representar Portugal no ECSC e em outras provas internacionais.

Recorde-se que, no último ECSC, que decorreu em 2019, Portugal ficou classificado em décimo lugar num total de 20 países em competição, sendo esta a sua primeira participação na competição internacional.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.