A escassez de recursos na área das tecnologias é uma realidade, nomeadamente no que à área da engenharia de software diz respeito. Em Portugal e no resto do mundo. Foi principalmente a pensar neste problema que a Quidgest decidiu apostar na criação de uma academia de formação. Neste e no facto de aprender a programar ser demorado e complicado…

A Academia Quidgest vai ensinar a desenvolver software, mas sem passar pela parte de aprender a programar. Isso vai estar a cargo da Genio, a plataforma da empresa que “traduz” ideias por código (linguagens Java,C # e C ++) e trabalha com sistemas de gestão de bases de dados relacionais líderes (SQL Server, Oracle).

“Na nossa academia ensinamos programação de software não só a engenheiros, mas também a qualquer pessoa. E 10 vezes mais rápido”, garantiu João Santos aos jornalistas, um dos responsáveis da Quidgest que integra o novo projeto.

tek sala de formaçao quidgest

“Temos uma plataforma de geração automática de código que permite que uma pessoa, sem qualquer conhecimento de linguagens de programação, imagine um modelo daquilo que quer criar de uma forma mais macro, mais abstrata”. Cabe depois à Genio gerar os milhões de linhas de código, sem erros. “A ‘máquina’ faz a exportação do nosso pensamento para uma solução tecnológica”.

A Genio funciona como um ambiente de desenvolvimento integrado. A plataforma permite a criação de interfaces gráficas de forma interativa, enquanto o compilador gera o código fonte correspondente. Além disso, gera, manipula, automatiza e reutiliza o código já desenvolvido, reduzindo significativamente as várias etapas manuais e número de erros.

“Queremos ir um pouco mais longe: queremos ir ao “no code” - não ter que tocar no código”, Carlos Costa

Há no mercado processos semelhantes, mas a Quidgest garante que a academia que arranca agora é diferente. “A lógica [das soluções existentes] costuma ser a da aceleração do programador, tentar que o programador faça mais rápido”, referiu Carlos Costa, diretor de marketing. “Normalmente fala-se em low code, ou em “academias de código”, qualquer coisa sempre em redor do código. A nossa plataforma está vocacionada para o não programador, para o ‘no code’”.

A Academia oferece três tipos de programas: G-Knowledge – Training, com os níveis Begginer, Advanced e Architect; Gen_Generation - Incubadora; e GENIO_4ALL – Bootcamp.

O G-Knowledge - Training é um conjunto de formações que privilegiam o desenvolvimento de software baseado em modelos, que garantem as skills necessárias para que qualquer pessoa, e não apenas um informático, se torne um full stack developer. O nível Begginer tem um custo de inscrição de 500 euros, compreendendo 40 horas de formação, certificado no final e três meses de licença e assistência técnica da plataforma Genio. Só é possível fazer os níveis Advanced e Architect completando o anterior(es).

O programa Gen_Generation - Incubadora destina-se a startups, oferecendo formação e consultoria especifica para o modelo de negócio da empresa. O GENIO_4ALL - Bootcamp representa a vertente de responsabilidade social e educação das novas gerações. Tem como objetivo impactar jovens voluntários e comunidades mais carenciadas, aliando a tecnologia e a educação.

As inscrições para a Academia Quidgest já estão abertas e os primeiros cursos marcados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.