Eles dançam, eles correm, eles fintam obstáculos… A RoboParty está de volta para mais três dias de robots, ensino e convívio. Entre quinta-feira e sábado da próxima semana o Pavilhão Desportivo da Universidade do Minho, no Campus de Azurém em Guimarães, vai receber centenas de pessoas para assistirem a competições e palestras.

Este ano o número de participações passa ligeiramente o do ano passado - 144 contra 142 -, mas é o suficiente para ser estabelecido um novo recorde de participações na competição.

Cada equipa é constituída por quatro elementos e o objetivo é que o grupo consiga construir um robot que participará depois numa das diferentes provas finais que vão decorrer no sábado. No início da competição cada equipa recebe um kit de robótica, formação em eletrónica e programação.

A acompanhar os participantes vão estar 90 alunos de Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores da Universidade do Minho.

Há a destacar o facto de a RoboParty contar novamente com a participação de equipas estrangeiras, estando confirmados grupos do Brasil, da Dinamarca e do Reino Unido.

“Trata-se de um evento de três dias e duas noites, sem parar, onde os jovens trazem um saco cama e um computador, e passam o tempo a construir e programar um robot com as suas próprias mãos”, explica a organização em comunicado.

Mais informações sobre o evento podem ser consultadas no site oficial da iniciativa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.