Os smartphones estão cada vez mais a abandonar o jack 3,5 mm para ligação de auscultadores ou auriculares através de fio. Mas ao mesmo tempo são cada vez mais comuns e acessíveis os sistemas wireless, que oferecem uma experiência mais confortável. Já não precisa ter um fio das orelhas às mãos ou bolso, onde coloca o smartphone. No formato wireless pode simplesmente pousar o equipamento a alguns metros de distância para usufruir de um bom álbum de música ou um novo episódio de um podcast.

E se alguns sistemas de auriculares continuam a ser um pouco caros, normalmente aqueles que ditam as tendências e introduzem nova tecnologia no mercado, algumas marcas apostam em ofertas mais simples e baratas, que prometem pelo menos cortar o fio.

Mas não hã dúvida que os auriculares estão cada vez mais evoluídos e além das vantagens de peso e conforto em relação aos auscultadores, os seus sistemas de cancelamento dinâmico de ruído já conseguem dispensar as “conchas” isoladoras de um headset.

As caixas protetoras dos auriculares conseguem prolongar a sua autonomia, significando que pode passar o dia todo fora e ter energia para quando necessitar de os utilizar. E os mais modernos já utilizam funções táteis para que possa regular o volume, atender chamadas ou saltar uma faixa de música, sem ter que mexer no smartphone.

E se as marcas publicitam os seus auriculares para funcionarem com os seus equipamentos, em ambiente Android são praticamente todos compatíveis. Pode haver algumas funcionalidades sinergéticas entre os produtos da mesma marca, mas não deverá ter problemas em emparelhar produtos com origem diferente. Pode ver aqui como despistar alguns problemas possíveis com os auriculares.

Conheça 10 propostas de auriculares:

1 – Apple AirPods – 229 euros – Loja official

Tal como os smartphones, leitores de MP3 ou tablets, a Apple também ditou as tendências dos pequenos auriculares sem fios. Os AirPods continuam a ser uma das melhores opções do mercado, ainda que destinados aos equipamentos da marca da maçã. A versão standard dos AirPods é conhecida por nunca perder a ligação depois de emparelhados, algo que apenas necessidade de um toque para configurar. Pode controlar o auricular através da Siri, com comandos de voz, ou tocar nos mesmos para aumentar volume ou avançar na faixa com um duplo toque.

A caixa de carregamento pode ser carregada via wireless com equipamentos ou tapete compatíveis com Qi ou via Lightning. Os AirPods prometem cinco horas de autonomia e três de conversação com uma carga. A caixa permite carregamentos adicionais até 24 horas de autonomia. Os AirPods são controlados pelo processador H1 da Apple e utilizam sensores óticos e um acelerómetro de movimento para detetar quando estão nos seus ouvidos. De notar ainda que a caixa de transporte pode ser personalizada gratuitamente no website, com a gravação de mensagens ou emojis.

2 - Xiaomi Redmi AirDots 3 – 64,92 euros – Gearbest

Disponível em três cores (preto, azul e rosa), o novo auricular da Xiaomi, o Redmi AirDots 3 é descrito como compatível com os equipamentos da Apple. Suporta Bluetooth 5.2, nos protocolos A2DP, AVRCP, HFP e HSP, funcionando a uma distância de até 10 metros. Tem uma bateria de 43 mAh e a sua caixa 600 mAh, tendo uma autonomia de até cinco horas em conversação e 30 horas contando com a carga do compartimento.

O auricular tem funcionalidades de togue e promete um design ergonômico para uso prolongado sem desconforto e sem cair ao chão. Tem certificação IPX4 À prova de água, para ser usado à chuva ou quando transpira.

3 - Huawei FreeBuds 4 – 169,99 euros – Loja Huawei

O FreeBuds 4 da Huawei são auriculares premium que pretendem lutar contra a preferência do modelo da Apple. Destaca-se pelo seu cancelamento ativo de ruído Open-Fit e o som de alta resolução. Mas também pretende ser leve e confortável, graças ao seu design ergonómico. Os auriculares oferecem controlos por deslize do dedo em ambos os lados, seja para aumentar ou diminuir o volume, atender chamadas ou colocar a música em pausa.

Tem ainda sensor de deteção de utilização, parando a reprodução quando tira um auricular do ouvido, por exemplo, no caso de o chamarem. O equipamento oferece uma ligação de áudio inteligente, permitindo emparelhar rapidamente. Já está preparado para ser emparelhado e usado em equipamentos da marca com HarmonyOS. Os auriculares têm uma bateria de 30 mAh e a sua caixa tem 410 mah.

4 – Samsung Galaxy Buds2 – 149,90 – Loja official

Os pequenos “feijões” da Samsung estão disponíveis em quatro cores: verde azeitona, lavanda, branco e grafite. São muito provavelmente os mais pequenos auriculares do mercado, procurando oferecer um design confortável, e se possível, que os utilizadores se “esqueçam” que os têm no ouvido. Isso não impede o modelo de ter um som de alta qualidade, cancelamento ativo de ruído (ANC) até 98% e outras tecnologias semelhantes aos seus pares.

Os Galaxy Buds2 prometem graves profundos e agudos nítidos, através das suas colunas dinâmicas bidirecionais. O sistema tem três microfones e uma unidade de captação de voz integrada, para que possa fazer chamadas de grande qualidade, ao mesmo tempo que filtra os ruídos em redor. O seu design minimalista diminui as perturbações de ruído causadas pelo vento. O equipamento tem ainda seis definições de equalização para escolher, mediante o ambiente e estado de espírito que estiver.

5 - Google Pixel Buds – 272,16 – ASDISCOUNT (FNAC marketplace)

A Google não tem muitos produtos do seu catálogo de forma oficial em Portugal, mas muitas lojas enviam para Portugal e até pode encontrar no Marketplace da FNAC. O auto-emparelhamento com os equipamentos Android é descrito como um dos pontos a favor da solução da Google. Também tem proteção contra salpicos de água (IPX4) e a sua caixa de carregamento também pode ser alimentada de forma sem fios.

A fabricante tem vindo a promover o seu sistema de auriculares através da funcionalidade de tradução em tempo real. Para tal terá de usar a aplicação Google Translation e ouvir as traduções feitas pela app transmitidas no ouvido. Provavelmente todas as restantes soluções Android também fazem a tradução.

6 - Marshall Mode II – 179,90 euros – PC Diga

Os Mode II são os primeiros auriculares Bluetooth intra-auricular sem fios da Marshall. Promete até cinco horas de reprodução sem fios com uma carga. O seu estojo garante mais quatro cargas adicionais de energia. A conhecida marca de produtos relacionados com música procura aqui oferecer uma solução direcionada aos audiófilos, sem a necessidade de usar uns auscultadores completos.

O periférico oferece na caixa quatro tamanhos da ponta auricular, para garantir que nenhum utilizador fique de fora, e assim garantir um ajuste personalizado e seguro. Os auriculares têm certificação IPX 5, com suporte a água corrente, ou seja, pode andar à chuva. Já o estojo tem IPX4, apenas resistente a salpicos.

Os Mode II oferecem controlos por toque. No lado esquerdo acede ao modo Transparência, configurações de equalização e assistente de voz nativo. No direito pode controlar as configurações de reprodução. Tocar em qualquer um dos lados permite receber e encerrar chamadas.

7 - Razer Hammerhead – 119,90 euros – PC Diga

A Razer também tem uma oferta de auriculares sem fios, os Hammerhead, prometendo som de alta qualidade e uma latência muito baixa, de 60 ms. Isso quer dizer que o áudio se mantém sincronizado com o seu equipamento sem falhas, tanto a jogar como a ouvir música e vídeos, diz a marca.

Também este modelo oferece funcionalidades baseadas em toque, desde a gestão de chamadas e reprodução, como o volume do equipamento. Utiliza Bluetooth 5.0 e oferece emparelhamento automático. O seu estojo garante energia para um total de 15 horas de utilização.

8 - Lenovo True Wireless – 49,90 euros – PC Diga

A proposta da Lenovo procura fugir ao design arredondado dos estojos dos seus concorrentes, ao propor um sistema de tampa deslizante. A marca salienta a qualidade de som superior do seu Deep Bass, através de uma coluna com biodriafragma de 5,8 mm.

Promete uma autonomia de quatro horas em utilização com jogos em apenas um carregamento, somando mais 10 horas no seu estojo. Tem certificação IPX5, para poder ser usado à chuva ou durante o exercício físico mais intenso.

9 - Oppo Enco X – 179,90 – PC Diga

A Oppo uniu-se à fabricante dinamarquesa de produtos de alta fidelidade Dynaudio na construção dos seus auriculares Enco X. O objetivo da marca chinesa era tornar-se um dos principais players no segmento, na aposta da tecnologia dos auriculares. Destaque para a tecnologia de som DBEE 3.0 Sound System, a terceira geração de áudio dinâmico. Tem um design de driver duplo coaxial, que a Oppo diz ser normalmente encontrado apenas em dispositivos de áudio de ponta e utilizam a mesma tecnologia dos PM-1 da marca.

O modelo promete mais detalhe na transmissão de som, cancelamento de ruído através de um chip de dois núcleos e microfone duplo. O modo Transparência permite ter uma conversa com outra pessoa sem a necessidade de retirar o auricular. E a certificação IP54 garante proteção contra a água e poeira.

Os Oppo Enco X prometem uma autonomia de quatro horas com o cancelamento de ruído ativo e mais 20 horas no seu estojo, um pouco mais se desligar esta tecnologia.

10 - TCL SOCL500TWS – 79,90 – PC Diga

A TCL também tem uma proposta de auriculares e esta versão roxa do SOCL500TWS não passa despercebido. O modelo promete 6,5 horas de reprodução, assistido pelo seu estojo com um total de 26 horas, ou seja, três cargas adicionais. Tem certificação IPX4 para salpicos, prometendo ainda um som mais cristalino, com graves ricos, graças aos seus drivers de 5,8 mm.

Tal como as outras propostas, pode atender ou rejeitar chamadas, reproduzir ou pausar a música, alternar entre faixas e mexer no volume dos equipamentos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.