Os jogadores de PC (e cada vez mais em consolas) dependem do rato para em diferentes géneros de videojogos, sobressaindo-se os FPS, jogos de ação na primeira pessoa que obrigam a reflexos rápidos e muita pontaria. Mais importante se jogar online contra outros jogadores ou participar em competições de eSports.

Os jogos de estratégia, simuladores de gestão de negócios e aventuras point & click também não dispensam de um bom rato, libertando sobretudo a outra mão para uma chávena de chá. E claro, os MMO, com muitas ações associadas também a requererem um rato que possa manter viva a personagem durante aquela luta intensa contra um boss de uma raid ou nas arenas de combate PvP. Já para não falar de um MOBA competitivo como League of Legends e Dota 2, que requer cliques bem precisos das habilidades e deslocação das personagens.

São muitas as possibilidades para o uso do rato, e a indústria de gaming no PC cresceu em torno deste periférico enquanto moldava géneros. E por isso, é provavelmente um dos melhores investimentos que pode fazer num setup de computador. Até porque existem diferentes preocupações que deve ter na escolha, tais como o conforto de utilização, a configuração de botões, o seu peso, e depois preferências como uma utilização com ou sem fios.

Obviamente que o preço de um bom rato pode variar consoante as suas características, e claro a sua marca. Um rato wireless é por norma mais caro, depois há modelos com LEDs RGB e até uns que fazem a transferência de peso. A sua precisão, robustez e durabilidade também são tidos em conta.

De notar que os preços foram registados no momento da consulta dos ratos, e estes podem variar mediante promoções ou substituições de modelos mais recentes.

Veja na galeria alguns dos melhores ratos para gaming disponíveis:

 1 - Razer Viper Ultimate – 149,99 euros – Loja da Razer

A Razer tem uma longa tradição na construção de ratos, tendo sido um dos pilares da formação da empresa do Taiwan. O Viper Ultimate é um rato wireless que se destaca pelo seu peso leve de 74 gramas e cores RGB. Ou seja, tem praticamente todos os elementos necessários para os jogadores mais exigentes, prometendo ainda uma utilização ambidestra e ergonómica para uma utilização em longas sessões de jogo. O rato tem uma textura rugosa que varia entre a área da palma da mão e as laterais, prometendo uma utilização confortável e refinada.

O rato tem dois botões em cada lado, assim como um compartimento para guardar o pequeno dongle USB, para que ligue o periférico via wireless, sem perder a peça quando não está em uso. Pode ainda comprar uma dockstation opcional para carregar o rato, caso não queira estar sempre a ligar o seu fio. O valor é mais elevado, claro.

2 - Logitech G203 Lightsync – 39,90 euros – PC Diga

A Logitech é outra das grandes fabricantes de ratos, oferecendo novos modelos anualmente. Tal como o nome indica, este G203 apresenta tecnologia Lightsync, um sensor avançado de luzes RGB, com 16,8 milhões de cores, que promete sincronizar-se com os jogos e outros periféricos. Os utilizadores podem selecionar uma cor, misturar três e optar por uma das animações para uma maior personalização. Se ouvir música no PC, vai ver o rato reagir ao ritmo das batidas ou explosões se assistir a filmes e séries.

O design do rato demarca-se pela simplicidade, oferecendo seis botões, scroll e possibilidade de mudar a sensibilidade do DPI, dos 200 a 8.000. Através do seu software pode gravar cinco programações pré-definidas.

3 – Asus ROG Gladius II Origin – 89,90 – PC Diga

O Origin é o terceiro rato da gama ROG Gladius da Asus, um periférico com um sensor ótico comutável de 12.000 DPI, desenhado para dar uma resposta rápida nos jogos, assim como um controlo mais preciso graças ao seu design ergonómico. Os ratos desta família destacam-se pela possibilidade de trocar facilmente os seus switchs, personalizando a resistência ao clique. Nesse sentido, também está a prolongar a vida útil do rato ao substituir os interruptores danificados.

Tal como outros periféricos da Asus, o Gladius II Origin suporta Aura Sync RGB, para se manter iluminado durante a sua utilização. Poderá personalizar e sincronizar com os restantes periféricos. O rato utiliza um cabo destacável, que neste caso é fornecido em dose dupla, para que um permaneça sempre na secretária e o outro na mochila de transporte, para ser mais fácil de transportar.

4 - Corsair Dark Core RGB Pro – 109,99 – Loja da Corsair

O Dark Core da Corsair já entra num novo patamar de tecnologia, salientando-se a sua conexão sem fio de 2,4 GHz, prometendo resposta de 1 ms. Mas tal como os smartphones já podem ser carregados sem fio, também este rato é compatível com o sistema Qi. Ou seja, não vai precisar de uma dockstation ou cabo para carregar o rato, este vai mantendo a carga durante a utilização se optar por comprara o tapete Corsair MM1000.

O rato apresenta um sensor ótico de 18.000 DPI reguláveis, e permite três modos de conexão: ligação convencional com fio por USB, wireless por Bluetooth e pela tecnologia sem fio da empresa, o sistema Corsair Slipstream. As laterais do rato são amovíveis, permitindo alternar entre duas configurações de design para maior conforto de utilização. Claro que não falta o sistema de iluminação RGB para sincronizar permitindo sincronizar com outros periféricos.

5 - SteelSeries Aerox 3 Wireless – 109,99 euros – Loja SteelSeries

A estética de perfuração do Aerox 3 da SteetSeries não deixa ninguém indiferente, parecendo uma rede de plástico onde se coloca a palma da mão. Mas mais surpreendente é que a marca diz que o rato utiliza tecnologia AquaBarrier, ou seja, é resistente a água, para os trapalhões que derrubam líquidos na secretária, e garante elevada proteção ao pó.

O rato é também muito leve, com 66 gramas, mas desenhado para ser um resistente a longas sessões de jogo, até porque a sua bateria promete uma otimização de uso ao longo de 200 horas. E caso necessite colocar à carga, o periférico será alimentado através de carregamento rápido via USB-C. O rato apresenta ainda dupla conetividade wireless, através de ligação a 2,4 Ghz e Bluetooth 5.0.

6 - Glorious Model O – 59,90 euros – Global Data

A Glorious aponta o seu Model O como o rato de gaming RGB mais leve do mundo. E de facto, se pensávamos que o SteelSeries Aerox 3 era leve com as suas 66 gramas, este Model O é peso pluma, com os seus 58 gramas descritos na fixa técnica. Mas tal como os seus pares, leveza não significa falta de resistência, prometendo ter uma construção muito durável. De salientar que o modelo também tem um padrão esburacado, que a marca diz permitir uma ventilação e manter a palma da mão arrefecida e fresca.

Apesar de ser um modelo com fios, a marca oferece um cabo proprietário batizado de Ascended, cujas características leves e ultra flexíveis dá a sensação aos utilizadores de estar a jogar com um rato sem fios. Salienta ainda o seu Sensor Pixart 3360, muito bem cotado na indústria dos eSports. É referido que tem uma taxa de 1 ms e 12.000 DPI. O rato pode ser adquirido em cor branca ou preta, com ambos modelos com iluminação RGB.

7 - Razer Naga Pro – 169,99 euros – Loja Razer

Nenhuma lista de ratos poderia estar completa sem o Naga Pro da Razer, um dos mais antigos modelos da marca, que foi criado para os jogadores de MMO em primeiro lugar, e um dos mais usados em jogos como World of Warcraft e Guild Wars 2. O segredo é o painel lateral com 12 botões configuráveis, para que não faltem as magias, habilidades e poções na ponta do polegar.

Ao longo dos anos a Razer foi fazendo algumas modificações ao rato e agora é um autêntico mutante. As laterais são amovíveis, e por exemplo, em vez da tampa de 12 botões pode trocar por um de seis, já adaptado aos battle royale, por exemplo. Mas pode ainda simplificar para uma lateral de dois botões, caso jogue FPS. Vale que no total, o rato pode ter até 20 botões configuráveis, não faltando opções para qualquer jogador. O rato tem um sensor de 20.000 DPI e Switchs óticos, prometendo 150 horas de autonomia de bateria quando usado via wireless.

8 - Roccat Kain 202 AIMO – 99,99 euros – Loja da Roccat

Esteticamente, o Roccat Kain 202 AIMO apresenta-se como um dos designs mais curiosos, apostando numa linha mais simples do que extravagante. A empresa diz que o processo de design esteve dois anos a ser investigado e submetido a testes, com o objetivo de ser ergonomicamente refinado, mas sem distrair ou limitar os utilizadores.

A Roccat afirma que a sua tecnologia Titan Click garante que todos os mecanismos no interior do rato foram otimizados, de forma a garantir “um click perfeito”. Os jogadores vão poder registar clicks com 16 ms mais rápido que outras soluções. Sendo um rato sem fios, a marca salienta que a sua autonomia pode chegar às 50 horas de utilização. E o sensor ótico Owl-Eye da Roccat oferece 16.000 DPI.

9 - Trust GTX 922 YBAR – 32,89 euros – FNAC

A Trust é uma marca conhecida por periféricos de gama de entrada e acessíveis para produtividade e ensino, sobretudo. A empresa mantém a sua filosofia de oferecer produtos a um preço acessível, e a sua linha de gaming não é exceção. O GTX 922 YBAR é o seu mais recente modelo, apresentando iluminação LED RGB com efeitos e cores ajustáveis.

Tem um ajuste de 200 a 7.200 DPI, o que é pouco em consideração com outros modelos presentes na lista, mas há que considerar o seu preço. Tem um cabo protegido a tecido de dois metros, seis botões programáveis através de software.

10 - Mad Catz RAT PRO X3 Supreme – 294,94 euros – FNAC

O RAT Pro X3 Supreme da Mad Catz é um autêntico Transformer dos ratos. Desenhado especialmente para jogadores com mãos grandes, o rato tem um design que parece um robot, com capacidades extensíveis para se adaptar às mãos dos jogadores de forma ergonómica. O rato desmancha-se às peças, com apoios substituíveis dos dois lados, permitindo estender o apoio das mãos e dedos. A caixa fornece diferentes peças, como se fosse um rato feito de LEGO. Não é para mais que a marca afirma que o rato tem 108 combinações possíveis.

Com uma sensibilidade de sensor até 16.000 DPI, o rato tem uma memória integrada para registar até 10 perfis de utilização. É ainda salientada a sua roda, que mistura tecnologia ótica com a capacidade do seu eixo analógico, numa nova possibilidade de calibrar com precisão a tensão e velocidade. E se for necessário, os jogadores podem trocar a própria roda.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.