Há muito que a feira de electrónica de consumo de Las Vegas deixou de ser só telemóveis e computadores e televisões. A indústria tem visto no evento uma montra interessante para apresentar novidades em várias áreas, onde os automóveis também já marcam presença.

Apesar de se tratar de um segmento tradicionalmente mais associado a feiras dedicadas, a aposta cada vez mais ostensiva das fabricantes em carros menos "tradicionais" e na diferenciação pela integração de serviços como a Internet ou aposta nas energias renováveis, por exemplo, faz com que a CES se torne particularmente apelativa como plataforma de lançamento.

Foi isso que aconteceu este ano, com gigantes como a Ford, Audi, General Motors ou Toyota a aproveitarem a ocasião para mostrar os seus produtos. Na lista incluem-se veículos ligados à Internet, com plataformas dedicadas para navegação, acesso ao email ou a serviços de música, mas também veículos eléctricos ou que se conduzem "sozinhos".

É esse o caso do veículo eléctrico proposto pela Gerenal Motors, o EN-V, cujo conceito tinha sido apresentado na exposição internacional de Shangai em 2010. Este carro para dois passageiros pode ser programado para se deslocar e estacionar sozinho, sem necessidade de um condutor no veículo.

Para isso, baseia-se em informações do sistema de navegação e sensores de distância, que avaliam a distância a que se encontra de obstáculos e outros veículos. Conta ainda com um sistema de câmaras que detecta possíveis obstáculos e variações na superfície onde circula, de modo a ajustar movimentos e evitar acidentes.

[caption]General Motors EN-V[/caption]

Com um design em forma de bolha e com um ecrã de toque móvel em vez de aquilo a que nos habituámos a chamar volante, o carro movido a electricidade conseguiu captar as atenções dos visitantes da feira, mas ainda não existe data para disponibilização comercial.

Ainda no campo das propostas movidas apenas a electricidade, a Ford levou à CES o Focus Electric, a primeira "all-electric" do modelo, que será capaz de fazer 160 quilómetros apenas com um carregamento de bateria e será colocado à venda este ano.

O carro vem acompanhado de uma versão optimizada do sistema de navegação Ford MyTouch e de uma aplicação para smartphone que permitirá gerir, à distância, os níveis de bateria do veículo. A aplicação MyFord estará disponível para Android, BlackBerry e, posteriormente, iPhone.

Os ecrãs dentro do cockpit, para além de indicarem a energia disponível e até onde permitirá chegar, vão ajudar, por exemplo, a encontrar itinerários mais curtos para chegar ao destino ou pontos de abastecimento eléctrico no caminho.

[caption]Ford MyTouch Focus Electric[/caption]

A empresa explicou que um dos objectivos da integração deste tipo de soluções passa por tornar mais atractiva para o condutor a opção por um veículo eléctrico.

[caption]Ford MyTouch Focus Electric[/caption]

Outra das novidades apresentadas pela Ford foi a nova versão do MyFord Touch - de que já falámos no TeK - a integrar no Ford Focus deste ano. A plataforma, que inclui ecrãs tácteis que aliam o sistema de navegação dos veículos ao entretenimento e ligação à Internet.

O sistema inclui agora capacidade para entender 10 mil comandos de voz, permitindo ao utilizador solicitar desde indicações sobre itinerários à reprodução de música, sem ter de usar as mãos, realçou um porta-voz da empresa durante a apresentação.

A informação nos ecrãs apresenta diferentes cores, consoante o "tema": azul para informações sobre o tempo, vermelho para entretenimento, verde para navegação e amarelo para o telefone - o que deverá facilitar a apreensão pelo condutor, fazendo com que este tire os olhos da estrada por menos tempo, acreditam os responsáveis.

As alterações incluem um novo software de sincronização, que permite aceder a aplicações mobile como o serviço de música Pandora, a partir da ligação ao iPhone, Blackberry ou Android. Prometido ficou também um serviço completo de browser, no qual a empresa estará a trabalhar para uma integração no futuro, mas avisa desde já que este estará bloqueado durante a condução.

A Audi foi outra das empresas a propor novidades no que respeita a sistemas destinados a apetrechar o interior dos veículos. Neste caso a opção passa por projectar informações relativas à condução - como a velocidade, itinerários ou limites de velocidade no local - numa espécie de holograma em frente ao condutor, na parte de cima do pára-brisas.

[caption]imagem da apresentação da Audi[/caption]

A proposta, a fazer lembrar um cenário próprio de um videojogo, poupa ao condutor o trabalho de olhar para baixo, para a zona dos sistemas de navegação, destacou uma porta-voz da fabricante alemã.

Os planos da Audi, nomeadamente para o A8, incluem ligação à Internet, com pesquisa de pontos de interesse, por comandos de voz, com recurso ao Google, bem como integração de processadores Nvidia Tegra 2 dual-core para as funcionalidades suportadas na ligação à rede.

Por fim, mostramos a plataforma de entretenimento apresentada pela Toyota, que deverá começar a surgir, ainda durante este ano, em modelos seleccionados da fabricante japonesa. Chama-se Entune e traz a ligação à Internet para os carros da marca através da integração com o smartphone do condutor.

Primeiro é necessário fazer o download de uma aplicação para o telefone, que vai permitir o acesso a uma série de aplicações concebidas para serem usadas a partir do ecrã táctil colocado nos veículos ou de comandos de voz interpretados pelo carro, explica a empresa.

Entre as funcionalidades disponíveis conta-se a navegação Web através de uma versão optimizada do Bing, o acesso ao serviço de música online Pandora e aplicações para encontrar restaurantes, notícias ou comprar bilhetes de cinema, por exemplo.

A apresentação foi acompanhada da disponibilização de um vídeo de promoção da novidade, com o qual fechamos a montra de hoje.

Nota da Redacção: A notícia foi actualizada com o vídeo da Toyota.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.