O LinkedIn tem vindo, nos últimos tempos, a apostar na dinamização do serviço, introduzindo novos conteúdos, recursos e funcionalidades e fazendo, simultaneamente, algumas alterações ao nível da organização gráfica. O objetivo é o de sempre: angariar mais utilizadores, que passem o maior tempo possível ativos no site.

Embora com menos membros do que o Facebook ou do que o Twitter, a rede social profissional continua a gerar números positivos. Em janeiro anunciava ter alcançado a marca de 200 milhões de utilizadores, com perto de 172,8 mil novos registos todos os dias.

Os bons resultados também se verificam em termos comerciais. Desde que entrou em bolsa em 2011, o valor do LinkedIn disparou de quatro mil milhões de dólares (três mil milhões de euros) para 18 mil milhões de dólares (14 mil milhões de euros), segundo o The Wall Street Journal.

Os resultados positivos do LinkedIn estendem-se aos dispositivos móveis, onde os acessos têm crescido em todo o mundo, nomeadamente em Portugal, o terceiro país do globo onde essa tendência é mais expressiva, como revelava a infografia divulgada pela rede social quando divulgou os números gerais.

É precisamente nesta área que surgem as novidades mais recentes: a rede social acaba de anunciar a atualização das suas aplicações móveis para dispositivos Android e iOS.

[caption][/caption]

As "mexidas" começam logo ao nível do design, que está agora "mais simples e bonito", considera a empresa, com o objetivo de criar uma melhor experiência de utilização e nomeadamente para permitir mais interação com os conteúdos.

[caption][/caption]

Outro dos focos vai para a informação partilhada entre os membros da rede, que ganha destaque, passando a ser possível, por exemplo, pôr um "gosto" ou comentar uma notícia.

Além disso, o menu de navegação pode agora ser personalizado de acordo com as preferências de cada utilizador e funciona com um painel que desliza a partir do lado esquerdo, em vez dos anteriores ícones.

[caption][/caption]

As novidades são resumidas num pequeno vídeo disponibilizado pelo próprio LinkedIn, que pode ver abaixo.

A versão atualizada das aplicações para Android e para iOS já está disponivel para download a partir da Google Play e da App Store, respetivamente.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.