Compatibilidade universal – é esta a maior das vantagens dos carregadores sem fios para smartphones e outros gadgets, além, claro, da capacidade para restabelecerem a energia dos mesmos sem que seja preciso recorrer ao adaptador com fios fornecido de origem.

Passamos a explicar: independentemente da marca e do modelo tanto do carregador como do smartphone, ambos os dispositivos funcionam entre si. Ou seja, se comprar um carregador sem fios de qualquer marca de acessórios para terminais móveis, o seu smartphone será sempre compatível, seja de que marca for.

Mais: imagine que compra um carregador da Samsung, por exemplo. Se tiver um smartphone da Huawei, da Sony ou da LG, por exemplo, qualquer um deles poderá ser recarregado com esse carregador sem fios. O importante é que o terminal seja efetivamente compatível com o sistema de carga sem fios. O que varia depois são as capacidades e as velocidades de carga.

Mas já lá vamos. O que mais importa agora é espreitar as dez sugestões de carregadores sem fios que estão na galeria abaixo, com vários preços e capacidades de carga. Certamente encontrará aqui a solução que procura. Igualmente importante é perceber como funciona a tecnologia standard que “regula” a ação dos carregadores sem fios em geral.

Estamos a falar da tecnologia Qi, o standard dos sistemas de carga sem fios que permite recarregar dessa forma a bateria de smartphones, wearables, leitores de MP3 e muitos outros gadgets. São mais de 100 marcas/fabricantes que compõe o Wireless Power Consortium (WPC), grupo que desenvolveu o sistema. É graças a esta colaboração que se torna possível recarregar smartphones de qualquer marca com qualquer carregador sem fios, como referido no início deste artigo.

Basicamente, o que acontece é que essa tecnologia Qi cria um campo eletromagnético que permite transmitir energia entre ambos os equipamentos via processo de indução, sendo que há sempre apenas um que assume a função de emissor. Isto é, a energia passa do carregador para o terminal móvel e não o contrário.

As vantagens são claras e é assim normal que apenas os terminais mais caros e avançados contem com esta funcionalidade (o Huawei Mate 20 Pro permite até servir de carregador sem fios quando colocado costas com costas com outro smartphone compatível com a tecnologia Qi). Isto apesar dos preços dos carregadores sem fios serem bastante acessíveis, dependendo, essencialmente, da capacidade de carga (medida em watts).

Quanto mais capacidade apresentar, mais rápido será o processo de carga. E mais caro será o carregador, naturalmente (apesar de existirem outras características que ditam o preço destes equipamentos). Ainda assim, prepare-se: o tempo de carga sem fios será sempre maior que o tempo que os carregadores com fios Fast Charging demoram a recarregar a bateria do seu smartphone recente).

A outra desvantagem dos sistemas de carga sem fios que identificamos de imediato é, naturalmente, a impossibilidade de usarmos o smartphone de forma “normal” enquanto este está a carregar. Os carregadores do género têm a forma de suportes/bases para o smartphone, pelo que levar o termina ao ouvido para falar interrompe o processo, claro. pode, no entanto, continuar a usá-lo em modo alta voz, por exemplo, ou para visualizar conteúdos no ecrã.

Se ainda não se “rendeu” à tecnologia, chegou o momento, pois há modelos para todos os gostos e preços. As vantagens compensam o investimento, claramente. Importante é verificar se o seu smartphone é compatível com a tecnologia Qi.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.