A Lamborghini já o tinha feito, assim como a Ferrari. A ideia é juntar a marca e todos os valores associados a um equipamento suportado num design distintivo e com características técnicas topo de gama. O resultado permite às fabricantes de automóveis entrarem no mundo da informática com edições limitadas de produtos que marcam a diferença pelo preço, dando a quem está disposto a pagar, a certeza de que terá um produto que poucos no mundo terão.

A Bentley é a senhora que se segue nesta estratégia. O mesmo é dizer, a marca que se segue. A forma escolhida é através de uma parceria com a Ego Lifestyle, que desde 2003 tem trabalhado para dar uma nova vida ao conceito de portátil. O traço comum dos vários projectos em que a empresa tem participado é o seu carácter exclusivo e o preço, ao alcance apenas de algumas carteiras.

No projecto que agora assina com a Bentley repete a receita, para criar uma edição limitada de 250 peças numeradas a ouro. Os equipamentos usam materiais e cores a condizer com as opções habituais dos automóveis Bentley e um design fora do comum, que faz o computador parecer uma mala de mão. A semelhança não é casual, mas uma opção dos criadores que faz dispensar este acessório de arrumação.

No interior esta edição limitada da Bentley conta com um processador de 64 bits e um disco rígido de 160 GB. Dispõe ainda de alguns pormenores curiosos, como as 12 teclas dedicadas que garantem o acesso a 12 funcionalidades do equipamento como por exemplo, a conectividade Wi-Fi ou Bluetooth, a Webcamn ou o Media Centre.

O portátil chega às lojas neste Outono e vai custar 12.500 euros. A empresa garante que a distribuição está prevista para todo o mundo e será feita em lojas dedicadas à venda de produtos de gama alta. Se é um dos interessados prepare a carteira e corra. Afinal só existem 250.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.