A primeira sessão tem como tema A Terra à luz de outros Planetas e conta com Pedro Machado e Ricardo Trigo, que estreiam este ciclo no dia 30 de janeiro na Culturgeste. Seguem-se mais três conversas, em fevereiro, março e abril.

A Terra à luz de outros Planetas vai abordar os fenómenos climáticos extremos que poderemos vir a enfrentar na Terra, à luz do que podemos observar na atmosfera de Vénus, mas também a forma como se compara a atmosfera da da Terra com os de outros planetas do Sistema Solar. Estão em diálogo áreas de estudo diversas como a geofísica e a astrofísica, que podem colaborar e informar as decisões necessárias e urgentes face à atual crise climática.

Em palco, Pedro Machado, investigador em ciências planetárias do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), e Ricardo Trigo, especialista em climatologia no Instituto Dom Luiz (IDL), ambos professores na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa), partilham o ser conhecimento sobre o estudo comparado das diferentes atmosferas que existem no Sistema Solar com a variabilidade do clima terrestre.

O ciclo continua com mais três áreas. Primeiro será o Excesso de Luz, com Raul Cerveira Lima e Martin Pawley, depois Para Além da Luz, com Lara Sousa e Sofia Andringa  e ainda Desde a noite dos tempos , com Fábio Silva e Luís Tirapicos. Os organizadores indicam que no ciclo está também integrado o concerto de Nick Colk Void & Maotik.

A iniciativa é da Culturgeste, em parceria com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), sendo que cada conversa tem uma duração de cerca de duas horas e a entrada é gratuita. Os bilhetes podem ser levantados 30 minutos antes e a entrada está sujeita à limitação da sala.

Mais informações no site da Culturgeste na área do ciclo Aqui, no Universo.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.