O astronauta análogo português, que esteve isolado no deserto de Omã numa missão que simulou as condições de vida no planeta vermelho, vai participar na sessão de encerramento da Coimbra Space Summer School, que acontece no último dia do evento, a partir das 14h00, no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, partilhando a sua experiência.

A sessão, intitulada “Space is the Place” começa com João Lousada, mas vai contar também com a presença do Gabinete do Espaço da Fundação para a Ciência e Tecnologia, que irá abordar a estratégia nacional para o Espaço (Portugal Espaço 2030), aprovada pelo Governo no início deste ano, que tem como objetivo lançar Portugal no “negócio” do Espaço.

Para o fim fica o debate “Para quando um astronauta português?”, que terá a participação do Gabinete do Espaço da FCT (Política e Estratégia), GMV Portugal (Indústria Aero-Espacial), Rui Silva do UC - LIP (Academia), João Lousada (Candidatos a Astronautas) e Carlos Cerqueira do IPN (Inovação e Empreendedorismo).

A Coimbra Space Summer School é organizada pelo Instituto Pedro Nunes (IPN), que coordena o Centro de Incubação de Empresas da Agência Espacial Europeia em Portugal, em parceria com o Centro de Investigação da Terra e do Espaço da Universidade de Coimbra (UC), o Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP), o Observatório Geofísico e Astronómico da UC e o Museu da Ciência da UC.

O objetivo é estimular a criação de soluções “terrestres” inovadoras (em áreas como cidades inteligentes, transportes, saúde, agricultura e ambiente) que incorporem tecnologia espacial, o chamado New Space. Pode encontrar mais informação sobre a iniciativa a partir do endereço

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.