http://imgs.sapo.pt/gfx/494754.gif





O Centro Europeu de Pesquisas Nucleares dá hoje início a um nova fase na vida do projecto que tem mobilizado os seus investigadores nos últimos tempos. Depois de várias experiências preparatórias têm hoje início as colisões de partículas com uma energia de 3,5 Tev (tera electrões-volt) para cada feixe. Na colisão será somada uma energia total de 7 Tev, que dará origem a novas partículas nunca antes observadas.




A experiência tem lugar a 100 metros de profundidade onde está instalado o Grande Colisor de Hadrões, o mais potente acelerador de partículas do mundo e se for bem sucedida recria o Big Bang que deu início ao universo, de acordo com algumas teorias.




Online - no site oficial - é possível acompanhar os resultados dos trabalhos, os preparativos e saber mais sobre os objectivos. Está também disponível informação sobre as experiências preparatórias que tiveram lugar desde o final do ano passado. A partir de Portugal é possível acompanhar a experiência no Pavilhão do Conhecimento, em directo, ou online.




Se alcançar os 7 TeV, o CERN chegará a uma potência três vezes e meia maior que a já atingida pelo concorrente americano, o Fermilab de Chicago.




Nota de Redaccção: A experiência chegou a arrancar, mas teve de ser suspensa. Ao que tudo indica, será apenas um adiamento, sendo esperado que o CERN volte a tentar recriar os momentos que se seguiram ao big bang ainda esta manhã.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.