http://imgs.sapo.pt/gfx/562869.gif

A morte anunciada do Google Reader apanhou milhares de internautas de surpresa e está a gerar bastante descontentamento na comunidade do RSS. Mesmo com muitos serviços a reclamarem os utilizadores que agora vão ficar órfãos, há quem acredite que a união faz a força e que a gigante de Mountain View vai recuar na decisão.

Nada como um movimento organizado para demonstrar o desagrado. Mais de 30 mil internautas já assinaram a petição online que existe no site KeepGoogleReader.

Sem meias medidas, mesmo que a Google não esteja disposta a continuar com o projeto os utilizadores mostram-se acessíveis a que a tecnológica norte-americana disponibiliza o código do Reader em formato open source, que seria depois gerido pela comunidade de internautas.

Ao contrário do sistema de petições que existe na democracia, não existe um número mínimo de assinantes que obrigue a Google a rever pelo menos as reclamações dos utilizadores. A empresa não costuma recuar nas limpezas de primavera, mas quem sabe se a tecnológica acaba por dar uma nova oportunidade ao Reader.. ou se fomenta a utilização do Google Currents.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.