Quando um filme de Hollywood é “vendido” como inspirado ou baseado em factos reais, a menos que tenha total conhecimento dos eventos, é difícil separá-los da ficção e da romantização que os guionistas necessitam muitas vezes de introduzir, para tornar a história mais interessante de se assistir no grande ecrã.

Mas se é um dos puristas, que deseja realmente saber o que é verdade ou mentira na história, este website desconstrói os filmes e atribui-lhes uma percentagem de veracidade dos factos. Cada filme tem uma barra colorida, que representa o que é falso e verdade ou a distorção de factos em ambas as circunstâncias. Os utilizadores podem filtrar cada um dos pontos e ler a comparação do que aconteceu no filme e os factos reais nos vários minutos que separam as cenas.

Poderá ainda listar os filmes pelos mais fiéis à realidade, ou os que tiveram mais liberdade “criativa”. Nesse sentido, fique a saber que o único filme analisado com 100% baseado numa história real foi Selma, lançado em 2014. O filme foi inspirado na marcha histórica de Martin Luther King em 1965, entre Selma até Montgomery, no Alabama, numa campanha de igualdade de direitos dos votos.

Já o que oferece menos percentagem de realismo face aos eventos históricos é o The Imitation Game de 2014. O filme baseia-se nos eventos da Segunda Guerra Mundial quando o génio matemático Alan Turing tentou descodificar o Enigma aos nazis. O filme obteve 41,4% de realismo no website.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.