O percurso da associação Zero em Comportamento esteve sempre ligada aos filmes e realizadores que promovem a pluralidade cultura, procurando tornar acessível ao grande público os títulos e obras que nem sempre passam nas programações das TVs ou dos cinemas. Depois de iniciativas como a programação do Cine-Estúdio 222 e do IndieLisboa, focou-se mais no público jovem e infantil e tem no seu website um catálogo que pode ser um bom recurso para quem procura filmes para entreter e educar.

Os Filminhos infantis têm várias histórias, todas acompanhadas de uma ficha pedagógica, e querem trazer filmes "grande qualidade artística mas que, ao mesmo tempo, apresentam um conteúdo de significativo valor educativo e que, portanto, são perfeitos para os educadores (pais e professores) abordarem diversas questões fundamentais para o crescimento das crianças e jovens enquanto seres humanos conscientes e críticos do mundo em que vivemos", refere a organização.

O catálogo do Videoclube da Zero em Comportamento está organizado por faixas etárias ou por ciclos de ensino, e há temas como a Adolescência, o Bullying, Direitos Humanos, Ensino Artístico, entre outros.

Os filmes podem ser alugados durante 72 horas, por um preço de 3 euros, mas há também subscrições anuais ou semestrais, ficando todos os conteúdos disponíveis sem limite de tempo ou de visualizações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.