Dar voz às empresas europeus do software open source (OSS) e sensibilizar os legisladores europeus para a importância do setor. É este o objetivo da nova associação profissional de OSS, a Association Professionnelle Européenne du Logiciel Libre (APELL), um projeto em que esteve envolvida a Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas (ESOP).

Anunciada publicamente em Bruxelas no início do ano, a Associação conta com três membros fundadores, com associações de França, Alemanha e Finlândia, para além de outras associações empresariais de vários países, incluindo a portuguesa ESOP - Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas.

Em comunicado, Stéfane Fermigier, membro fundador, explica que a APELL se apresenta como o “novo intermediário essencial entre organizações nacionais representativas de open source e instituições da UE”, pretendendo fortalecer a cooperação entre empresas europeias deste setor.

ESOP

Numa altura em que a ESOP garante que na Europa o setor é constituído sobretudo por pequenas e médias empresas (PME), o também co-presidente do Conseil National du Logiciel Libre considera ser imperativo que a “Comissão e as outras instituições europeias reconheçam que as suas ações, planos e políticas para apoiar o open source se devem concentrar no apoio às PME".

De acordo com dados resultantes de um inquérito feito a nível europeu divulgados em fevereiro, as soluções open source são cada vez mais importantes nas empresas e organizações. Focada mais em França, a investigação revela que há cada vez mais um papel ativo do open source nas estruturas das empresas, sobretudo nas francesas, mas também em outros países europeus como Portugal, Alemanha, Croácia, Espanha, Itália, Finlândia e Reino Unido.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.