Tudo indica que terá sido o maior estudo sobre o tema até agora, com mais de 37 mil participantes que realizaram um teste simples online. Os resultados da forma como as pessoas escrevem no smartphone foram analisados e comparados com um outro teste semelhante para teclados de computador, que teve mais de 168 mil pessoas a participar, e as descobertas são, no mínimo, interessantes, com algumas pistas que podem ajudar a melhorar a rapidez com que escrevemos textos.

De acordo com os dados, em média as pessoas que usam os dois polegares conseguem escrever 38 palavras por minuto, sendo 25% mais lentas do que as pessoas que escrevem no teclado de um computador, que conseguem atingir 51 palavras por minuto.

Mesmo assim, no smartphone a taxa de erro é baixa, só de 2,3%, mas os investigadores admitem que isso pode ser atribuído aos sistemas preditivos e de autocomplete que os teclados dos smartphones têm, que usam o contexto e hábitos do utilizador para ajudar a completar as frases, corrigindo estrutura e gramática.

A idade também entra nestas contas. Apesar de escreverem menos texto do que os millennials, os adolescentes são mais rápidos. Os participantes com idades entre os 10 e os 19 anos conseguem escrever 40 palavras por minuto nos smartphones. Comparativamente, o que têm entre 20 e 29 anos só escrevem 37 palavras no mesmo tempo, e os com idades entre 30 e 39 anos baixam o ritmo para 32 palavras por minuto.

Para melhorar o desempenho na escrita o estudo deixa alguns conselhos: use os polegares, opte pelo swiping no teclado e substitua o texto preditivo pela autocorreção.

Se tem 10 minutos livres pode fazer o teste para perceber a velocidade da sua escrita no smartphone neste link.

typing test

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.