A ideia parecia clara: com apenas 15 questões o site Oilsjt Analytica pedia às pessoas para darem uma série de dados pessoais enquanto "tentava" acertar o seu nome. A paródia ao Cambridge Analytica era clara, mas a verdade é que mais de 200 mil pessoas fizeram o teste, como é explicado agora na homepage, e mais de 100 meios de comunicação internacional fizeram reportagem como se tudo fosse real.

Tudo não passou de uma brincadeira de 1 de abril, mas está agora documentado de forma clara. O hacker diz que embora o propósito não fosse mesmo descobrir o nome das pessoas, com as perguntas conseguiu uma taxa de 80% de certeza, ligando os plugins de redes sociais, como explica no Twitter.

Inti de Ceukelaire garante que não guardou dados dos ingénuos que fizeram o teste, mas podia tê-lo feito. Como aliás muitos outros farão certamente quando alguém reponde a questionários ou usa aqueles testes para ver se parece mas novo, mais velho, ou outro tipo de quiz onde é preciso fornecer informação pessoal...

tek site Oilsjt Analytica

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.