A sonda lançada em 1997 pela NASA fará este fim de semana a sua última aproximação a uma das luas do gigante gasoso, depois de um longo período de surpreendentes descobertas.

A Cassini ficará 979 quilómetros acima de Titã de acordo com a agência espacial norte-americana, num “encontro” em que os instrumentos RADAR que a equipam aproveitarão para observar de perto e registar os lagos e mares de metano da lua, assim como as suas “ilhas mágicas” – caraterísticas misteriosas que os cientistas dizem poderem ter sido criadas por bolhas de gás.

O voo deste fim de semana sobre Titã assinala o início para o grand finale, marcado para 15 de setembro, quando a Cassini mergulhar intencionalmente na atmosfera de Saturno e terminar um “namoro” de 13 anos com o gigante gasoso e as suas luas.

Mas antes de “morrer”, a sonda espacial ainda tem umas tantas “tarefas” para cumprir em redor do planeta dos anéis. Saiba tudo a partir do endereço da Nasa dedicado a esta grande protagonista do além-Terra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.