Durante séculos, o Império Romano construiu milhares de quilómetros de estradas, desde a Grã-Bretanha à Turquia, do rio Danúbio ao Norte de África. Tal feito terá levado ao popular ditado sobre a capital italiana.

Hoje que as estradas modernas substituem a maior parte das antigas artérias será que o antigo provérbio continua a fazer sentido? Benedikt Groß, Philipp Schmitt e Raphael Reimann da Moovel Lab respondem à pergunta.

  [caption][/caption]

O projeto assenta numa grelha que representa os 26.503.452 km² de toda a Europa em que cada célula representa um ponto de partida para cada uma das viagens em direção à cidade de Roma.

No total são 486.713 pontos de partida com a capital italiana como destino, para o qual foi criado um algoritmo que calcula a rota para cada viagem, explicam os autores a partir do site do projeto.

Além de surpreendente pelas conclusões, o resultado é graficamente agradável como pode verificar por si próprio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.