A impressão 3D já começa a fazer parte da vida de qualquer consumidor de eletrónica. Basta fazer uma visita a algumas das principais cadeias de retalho de eletrónica para ver estas máquinas com bons destaques nas lojas.

Os preços também começam a ser mais acessíveis. Por um preço a rondar os 600 euros pode adquirir um modelo Prusa i3, que basicamente é uma impressora 3D a la Ikea, isto é, tem de ser o utilizador a montar tudo.

Produtos mais compostos como a portuguesa Beethefirst ou a espanhola Witbox são mais caros - a rondar os 1700 euros -, mas entregam tudo pronto a imprimir. E no caso da impressora da startup Beeverycreative tem-se assistido a uma quebra gradual no preço, que no início rondava os 2.200 euros.

Se a estes modelos juntarmos ainda a Qilive que é uma aposta de uma cadeia de supermercados e cujo preço ronda os 900 euros, então os portugueses têm perto de si já máquinas interessantes ao nível do que permitem fazer, mas sobretudo ao nível de preço, sendo já algumas as opções.
No entanto as impressoras 3D não conseguem fazer tudo sozinhas. Várias páginas online que disponibilizam modelos tridimensionais para download estão também a ser o motor desta indústria, numa perspetiva de consumo.

Pois uma pessoa normal pode desde logo perder interesse pela tecnologia por não saber desenvolver modelos 3D. Mais uma vez a questão dos conteúdos é primordial. Acha que se as pessoas só pudessem imprimir documentos próprios que as impressoras tradicionais tinham tanto sucesso?

Não é preciso ser “engenheiro” para se poder tirar partido das impressoras 3D. Ser um profissional de design certamente que ajuda, mas não é algo obrigatório.

O TeK reuniu algumas sugestões de páginas online que disponibilizam modelos 3D para download. O download de ficheiros será gratuito na maior parte dos casos, mas em alguns pode não ser. Não se esqueça também de ter em conta que tipo de ficheiro suporta a sua impressora 3D.

Agora que as impressoras 3D estão mais acessíveis e já tem sites onde pode descarregar ficheiros para imprimir, talvez esteja na altura de embarcar nesta nova aventura tecnológica.

O utilizador deve no entanto ter em atenção alguns aspetos importantes. Veja se o modelo que está a descarregar é compatível com a impressora que tem - pode ter inclinações a mais, por exemplo -, sob pena de ficar sempre com uma impressão encravada.

Tenha também em conta que muitos ficheiros 3D podem estar disponíveis apenas para efeitos de criação, pelo que não resultarão numa impressão bem conseguida.

Por fim vale deve também ter atenção à calibração da máquina. Pois uma calibração errada pode produzir bem as primeiras camadas, mas acaba por apresentar erros de impressão nas camadas superiores dos objetos.

Os leitores ficam convidados a partilharem outros sites onde é possível encontrar modelos 3D para impressão, assim como criações que já tenham sido produzidas nas vossas impressoras.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.