O objetivo desta Semana da Ciência e Tecnologia passa por envolver escolas, museus e instituições de ensino superior na criação de ações que permitam à população aproximar-se de especialistas em diversas áreas científicas e tomar contacto com experiências e demonstrações.



No total estão previstas mais de 400 ações, onde se incluem palestras, atividades de campo, visitas guiadas a laboratórios e mesmo oportunidades de formação. Todas estão detalhadas no site Ciência Viva, da Agência Nacional para a Cultura Cientifica e Tecnológica, mas para lhe facilitar a vida escolhemos algumas, às quais damos hoje algum destaque.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Quem estiver no Porto pode ainda esta tarde aprender a desenvolver um jogo de computador, se quiser dar um saltinho à Universidade Lusófona. O desafio passa por aprender a usar ferramentas gráficas que ajudem a explorar os cenários de um jogo, tornando-o mais atrativo e motivante. Os destinatários do desafio, que começa às 16:30 horas e se prolonga por uma hora, são o público em geral.


Em Bragança, desde esta manhã e até amanhã à tarde (a atividade termina às 18 horas) é possível Aprender com Robótica.



Organizada pelo Instituto Politécnico de Bragança, a iniciativa servirá para ilustrar conceitos da engenharia, através de várias experiências, e também inclui demonstrações da equipa IPB@Factory do Instituto Politécnico de Bragança, 2ª classificada na 11ª edição do Festival Nacional de Robótica, em 2011.



Quem se interessar pela área da robótica mas estiver na zona de Castelo Branco pode aproveitar a semana para conhecer o Laboratório de Robótica e Equipamentos Inteligentes do Instituto Politécnico de Castelo Branco, que está de portas abertas.



Especialmente dirigidas a jovens do ensino básico e secundário, as atividades preparadas pelo laboratório para esta semana integram workshops de iniciação à robótica, demonstração de atividades de investigação e a possibilidade de mexer em robots construídos a partir da plataforma Arduino.

[caption]Nome da imagem[/caption]

em Lagos, ao longo de toda a semana, o Centro Ciência Viva acolhe oficinas de ciência, que permitirão explorar áreas como a nanotecnologia, ilusões visuais ou a plataforma Arduino. Na mesma semana o mesmo centro oferece outras atividades que podem ser uma proposta interessante para quem gosta de física e observação astronómica.



Na capital há também um conjunto de ações previstas. O Pavilhão do Conhecimento acolhe várias ao longo de toda a semana. O encontro "Visões, Opiniões e Ideias dos Cidadãos da Europa" é um dos destaques, que no dia 23 preenche parte significativa da agenda do Pavilhão.



Como estamos a tratar os milhões de toneladas de detritos produzidos nas nossas cidades? E como podem a ciência e a inovação tecnológica contribuir para um futuro sem lixo e sem desperdício são algumas das perguntas que balizam o evento e às quais o projeto Voices quer dar respostas.



Para ver há uma mostra artística, científica e tecnológica e espaço para abordar - e mostrar - o processo de reciclagem de lixo tecnológico e electrónico e uma conferência. A agenda completa das atividades previstas para o Pavilhão do Conhecimento está disponível aqui.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.