Está a chegar uma nova estação. Às lojas já chegou há algum tempo mas, na verdade, só agora começamos efectivamente a ter de admitir que o calor do Verão já lá vai. E se bem que para muita gente não seja preciso um pretexto para fazer compras e renovar o guarda-roupa, para quem precisa de uma desculpa, ou só realiza mesmo esta tarefa por necessidade, as mudanças de estação são quase sempre tempo de uma passagem pelas lojas.



E a expressão passagem assume cada vez mais um sentido abrangente. Passar pela loja já não implica necessariamente sair de casa, deslocar-se até à loja e subir e descer escadas entre secções. Há cada vez mais empresas a explorar o canal online e a dar ao cliente a possibilidade de ver e comprar as suas colecções, confortavelmente a partir do PC. Na realidade nacional a máxima também se aplica, garantida pelas grandes marcas internacionais, mas também pelas marcas portuguesas.



A Salsa é a estreia mais recente. A marca portuguesa quer conquistar novos mercados graças ao investimento e apresenta-se com uma imagem moderna e uma colecção diversificada no mundo online. Quem passa pela loja vai encontrar secção de senhora, de homem, uma área onde estão os produtos "Must Have" da estação, promoções e um Fit Adviser, que ajuda a escolher o número ideal para cada tipo de peça. As entregas das compras feitas na loja online são gratuitas.

[caption]Salsa[/caption]

A portuguesa Throttleman é mais antiga no esforço de explorar o potencial do mundo online. A empresa também passa para este canal de venda uma oferta diversificada - moda feminina e masculina, acessórios e roupa interior - e aposta numa estratégia de redução de preços para atrair os clientes.

Neste momento dá-se destaque a uma campanha que informa o cliente de descontos até 70%, para as peças compradas online. Também aqui as entregas ao domicílio são gratuitas, para compras acima dos 35 euros.



[caption]Throttleman[/caption]

Ainda no domínio da produção nacional, vale a pena referir a loja online da Lanidor. Tal como também fazem outras lojas, a marca deixa ver o catálogo, para além de encaminhar directamente para as peças que o compõem. Mulher, Criança, Saldos e Outlet são algumas das secções disponíveis. As duas últimas, como é fácil prever, a piscar o olho a quem anda atrás de preços mais reduzidos. A entrega de compras é, também aqui, gratuita mas só a partir dos 25 euros em compras.

[caption]Lanidor[/caption]

Passeando um pouco pelas páginas Web dos criadores portugueses ligados à alta-costura, percebe-se que também por aqui há planos para expandir ao canal digital o espaço de vendas. Ana Salazar é uma das marcas que dá indicação no site de planos para uma loja online. A dupla Alves/Gonçalves indicia as mesmas intenções.



De qualquer forma, tanto este como Fátima Lopes são, entre os sites que visitámos, os que mais apostam numa presença Web completa, actual e apelativa. Em ambos os sites é possível observar detalhadamente as colecções, escolhendo pormenores de cada peça que podem ser vistos em zoom. Fátima Lopes disponibiliza já esta possibilidade para a colecção Outono/Inverno 2010-2011.



Miguel Vieira é outro autor de uma forte aposta online. O criador faz desfilar no site oficial roupa, acessórios ou mobiliário, mas só para ver.


Mas a oferta de moda pronto-a-vestir online tem também a incontornável presença de grandes nomes internacionais.



A muito noticiada Zara Online está finalmente disponível. Portugal é, como se sabe, um dos primeiros países escolhidos para esta experiência do grupo espanhol Inditex, com a sua marca mais popular.



Na plataforma online é possível percorrer a colecção, dividida por áreas, como também acontece nas lojas físicas. Para cada peça é possível escolher a cor, ver a composição e cuidados a ter (informações da etiqueta), formas de envio e informações relativas a uma eventual devolução. Quem opta por levantar as compras na loja não terá custos adicionais. Juntam-se ainda a esta a opção de entrega normal ou expresso, com custos diferentes.



Outro pormenor interessante da plataforma é que para cada peça escolhida sugere uma combinação. Por exemplo, se está a ver um casaco de homem pode consultar uma proposta de "corpo inteiro" onde é mostrada uma camisola, umas calças e uns ténis.

[caption]Zara[/caption]

A concorrente Mango também marca espaço no mundo digital. Fá-lo, aliás, há 10 anos e até está a comemorar o aniversário com entregas gratuitas. A loja é simples de utilizar mas não está disponível em português.

[caption]Mango[/caption]

Vale ainda a pena fazer referência a uma das marcas mais conhecidas dos portugueses nas vendas por catálogo, que foi também pioneira na aposta na Internet. A La Redoute mostra online todo o catálogo. Mulher, Homem, Lingerie, Criança; Desporto; Têxtil & Lar; Tamanhos Grandes; Calçado & Acessórios são as secções por onde se divide a oferta. A marca também tem uma área de outlet onde anuncia descontos até 70 por cento.

[caption]La Redoute[/caption]

Com uma filosofia idêntica e uma oferta também diversificada pode ainda fazer compras online na Venca, uma proposta do grupo 3 Suisses. Também neste caso, um outlet completa a oferta do catálogo com as últimas novidades, apelando aos esforços de poupanças de que visita a loja.

[caption]Venca[/caption]

Boas compras! Nestas ou noutras lojas, já que a oferta não se esgota nas propostas que lhe apresentamos. Contudo, para quem já faz compras online passa muitas vezes por estes nomes, que achámos interessantes dar a conhecer pois atestam uma atenção crescente das marcas num canal que, em vários domínios, se tem afirmado como incontornável.

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.