A barra de tarefas (taskbar) é, para muitos utilizadores, o ponto de partida para as suas atividades no Windows 10, onde faz pesquisas no sistema ou na internet, acede rapidamente aos programas e jogos que mais utiliza, além de informações úteis como a data, hora e diversas notificações que recebe ao longo do dia.

Mas é possível fazer algumas alterações para personalizar a barra de tarefas ao seu gosto, para que funcione mediante as suas necessidades. E nem sempre necessita estar na base do ecrã, pode simplesmente mudar de sítio, aumentar o seu tamanho ou fazê-la desaparecer quando não a está a utilizar.

Para mover ou aumentar a barra de tarefas, terá de certificar-se que não está trancada, para tal, clique com o botão direito do rato em cima e retire a opção em baixo “bloquear barra de tarefas”.

Fique com algumas dicas de como modificar a barra de tarefas:

1 – Adicionar aplicações à barra de tarefas

Pode adicionar qualquer programa instalado à barra de tarefas, muitos até perguntam no fim da instalação se quer colocar um ícone. Caso pretenda adicionar mais tarde, basta premir a tecla do Windows ou o respetivo ícone no canto inferior esquerdo, procurar a aplicação que deseja, premir botão direito no rato em cima, selecionar “mais” nas opções e escolher “Afixar na barra de tarefas”. A partir daí será adicionado o ícone na barra.

2 – Mover a barra de tarefas

Por defeito, a barra de tarefas encontra-se na parte inferior do ecrã, mas pode colocá-la nos quatro lados do Windows 10. Poderá fazer de duas formas, manual ou automático. De forma manual basta arrastar a barra para onde a quiser colocar, basta manter premir o botão esquerdo na barra e arrastá-la para os lados do ecrã ou para o topo. A segunda opção é clicar com o botão direito do rato na barra e escolher “Definições da barra de tarefas”. Deslize as opções até encontrar “Localização da barra de tarefas no ecrã” e escolha um dos quatro lados.

3 – Esconder a barra de tarefas

Quando não necessita pode esconder a barra, que apenas surge quando passa o rato no seu local. Para isso aceda às “Definições da barra de tarefas”, e ligue a segunda opção “Ocultar automaticamente a barra…”. Tem logo de seguida a mesma opção para o caso de usar o computador portátil em modo tablet.

4 – Aumentar a barra de tarefas

Mediante a quantidade de programas e ferramentas que tenha adicionado à barra de tarefas, pode sentir a necessidade de a aumentar. Esta passa a ocupar mais espaço no ecrã, mas se quiser, pode conjugar com o ponto anterior e esconder quando não está em uso. Para aumentar ou diminuir a barra, certifique-se que não está trancada, e passe o cursor no seu rebordo superior até mudar para setas. Quando isso acontece, mantenha o botão esquerdo premido e arraste para cima ou baixo e defina o tamanho que deseje.

5 – Diminuir o tamanho dos ícones

No caso de querer meter mais atalhos na barra, mas não quer aumentar o tamanho do espaço, faça ao contrário, opte por ícones mais pequenos. A barra inicial até vai também diminuir ocupando menos espaço no ecrã. Para tal pode aceder às definições e ligar a opção “Utilize os botões da barra de tarefas pequenos”.

6 – Comutar entre desktop e aplicações

Alguma vez sentiu necessidade de aceder ao desktop, mas tem de “lutar” contra as inúmeras janelas abertas, minimizando ou fechando uma a uma? Talvez não tenha dado conta, mas a barra de tarefas tem um botão de comutação entre as janelas ativas e o desktop. Está bem escondida na parte inferior direita, encostada à extremidade do ecrã, ao lado do ícone das notificações.

7 – Espreitar o Desktop

Ainda relativo ao pequeno ícone do ponto anterior, caso queira, pode acionar uma opção para, sem clicar no botão, apenas passando o rato em cima pode “espreitar” o desktop. Mais uma vez nas opções da barra de ferramentas, escolha a opção “Utilizar pré-visualização para pré-visualizar o ambiente de trabalho…”.

8 – Combinar ícones na barra de tarefas

Pode instruir o Windows de como deseja arrumar os ícones na barra, com três opções. Aceda às definições da barra e procure a opção “combinar botões da barra de tarefas”. Se optar por “ocultar sempre etiquetas”, todos os ficheiros do mesmo programa, por exemplo o Word, serão empilhados, ocupando apenas o mesmo espaço do ícone. Basta clicar em cima para serem expandidos e optar pelo documento que deseja. Mas pode querer ter todos os documentos abertos disponíveis na barra, nesse caso escolha “Nunca”. Por fim, há o meio-termo, que apenas oculta quando a barra está cheia.

9 – Personalize a área de notificações

Perto do relógio tem uma seta para ícones escondidos, onde são guardadas aplicações ou ferramentas do sistema que carregam automaticamente com o Windows 10, como por exemplo, o acesso à placa gráfica, o volume, estado de bateria nos portáteis, assim como programas como o Steam ou Spotify, que são arrumados no cantinho para quando se precisa aceder rapidamente.

No entanto, pode ter controlo dos ícones que aparecem nesta área. Aceda às definições da barra de tarefas e procure pela “Área de notificação”. Terá duas opções, uma para os ícones apresentados na barra; a outra para ativar ou desativar os ícones do sistema que deseja (volume, redes, energia, etc.). Escolha todos os ícones a colocar nesta área.

O How To TeK é uma nova rubrica do SAPO TeK que pretende ajudar todos os utilizadores em tarefas simples (mas que parecem complexas) na utilização de computadores e telemóveis. Se tiver sugestões de truques que quer ver esclarecidos envie um email para geral@tek.sapo.pt.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.