O Google Maps é uma poderosa ferramenta de navegação, mas ao longo dos anos tem sido alimentada com novas funcionalidades de aproximação dos utilizadores, como uma espécie de rede social. Há diversas utilizações que pode fazer do serviço, seja na versão browser, diretamente do computador, ou na aplicação para smartphones.

Quando utilizado com criatividade, o Google Maps pode ser bem divertido e nem precisa de sair de casa. Pode simplesmente dar um passeio virtual, ou mostrar aos mais jovens locais onde os mesmos sempre desejariam ir, sem qualquer preparação de viagem. Para tal, utilize o Pegman, o pequeno ícone do bonequinho amarelo localizado no canto inferior direito. Pegue nele e largue-o no mapa, no local onde deseja ver. A partir daqui entra no modo Street View e pode andar com uma câmara na primeira pessoa, como se estivesse no local.

Quando mais aproximar a câmara no terreno, mais assertivo será o local que vai observar: utilize a roda do rato para fazer zoom ou use os botões (+) e (-) alocados perto do Pegman. Há ainda a possibilidade de mudar o mapa de uma visão 2D, para um formato de globo 3D, caso tenha saudade de brincar com um globo terrestre. E quando agarra no Pegman, pode largá-los em locais assinalados com um ícone de fotografia, para ver fotos que os utilizadores tiram, e para o qual pode também contribuir.

Outra forma de navegar pelo Street View, caso não queria percorrer passo a passo a caminhada, pode utilizar o pequeno mini-mapa no canto inferior esquerdo e ir clicando nos locais. Pode colocar o boneco nos pontos das fotografias, por exemplo, e se quiser aumentar o tamanho do mapa como desejar.

Talvez uma das funcionalidades do Google Maps mais divertidas é a chamada viagem no tempo, ou seja, pode selecionar nos últimos 10 anos, a visão de certos locais e a sua modificação ao longo do tempo. Para isso, basta escolher um lugar na visão Street View e premir a opção de relógio situado no canto superior esquerdo. Vai aparecer uma imagem com pontos cronológicos que pode saltitar, para ver a fotografia de um local ao longo dos anos, caso as mesmas estejam disponíveis.

O Google Maps também já suporta a visão de interiores, sobretudo útil para locais muito grandes, como estádios, aeroportos, centros comerciais ou centros de convenções com diversos pisos. A informação alimentada é da responsabilidade de quem explora os espaços, para ajudar os visitantes a navegar pelos espaços. A funcionalidade é sobretudo útil na versão para smartphones, pela mobilidade pelos locais.

Caso não lhe apeteça “zarolhar” pelo mapa, mesmo sem sair de casa poderá fazer passeios turísticos, através do Google Treks. Escolha os locais que deseja visitar e prima em Descobrir, para ser levado num passeio virtual a diferentes locais.

Há muito mais para explorar no Google Maps, na procura de locais para diversão ou restauração, informações úteis e contactos. Poderá desfrutar da aplicação tanto no browser como nos smartphones.

O How To TeK é uma nova rubrica do SAPO TeK que pretende ajudar todos os utilizadores em tarefas simples (mas que parecem complexas) na utilização de computadores e telemóveis. Se tiver sugestões de truques que quer ver esclarecidos envie um email para geral@tek.sapo.pt.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.