Chama-se Google Fit e é a resposta direta da tecnológica de Mountain View ao Health Kit da Apple. O conceito é basicamente o mesmo: funcionar como uma central para todos os dados relativos à saúde dos utilizadores. E que podem ser recolhidos por smartphones, relógios, braceletes e periféricos.

A gigante dos motores de busca revelou que empresas como a Nike, Adidas, Intel e Runkeeper estiverem envolvidas no desenvolvimento do novo hub para as métricas de saúde. A aposta que a tecnológica está a fazer nesta área revela também que os sensores que estão a ser integrados nos dispositivos estão de facto a produzir uma quantidade de dados significativa e que pode ser aproveitada a favor dos utilizadores.

Número de passos dados, ciclo de sono, calorias perdidas, batimentos cardíacos. Estes são alguns exemplos das informações que vão estar reunidas no Google Fit.

A nova plataforma estará integrada na próxima versão do Android que vai ficar disponível em outubro.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.