A plataforma de pagamentos Google Pay está disponível desde maio não só para os utilizadores Android, como iOS ou web browser no PC. A tecnológica adicionou novas funcionalidades à aplicação, destacando-se os chamados pagamentos peer-to-peer. Se anteriormente já era possível pedir dinheiro a um amigo, através da app Google Pay Send, esta funcionalidade será migrada para o Google Pay, que segundo a empresa, pretende unificar todas as transações numa única aplicação.

Desta forma, pode agora dividir a fatura de pagamentos até cinco pessoas. Imagine adquirir coisas no Amazon, somando compras de amigos que permitam atingir um valor para evitar os portes, por exemplo, e no final, só tem de dividir os valores de cada envolvido e enviar-lhes a respetiva notificação de pagamento.

Outra atualização no Google Pay é a introdução do menu “Passes” (por enquanto em exclusivo nos dispositivos Android) que permite gravar bilhetes de avião, cartões de fidelização ou de oferta, entre outros. Os serviços suportados ainda são limitados, mas serão introduzidos à medida que se fechem acordos, contando já com companhias áreas como a Vueling ou a Singapore Airlines, por exemplo.

A Google aproveitou ainda a nova versão para melhorar a sincronização entre as diversas plataformas que possa utilizar. Por exemplo, utilizar o Google Pay no browser de internet e ver a mudança diretamente na aplicação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.