A Lenovo anunciou que vai passar a integrar a versão raíz do Android nos seus smartphones. Cliente do sistema operativo da Google há já vários anos, a empresa chinesa tem optado por sobrepor uma interface própria a este OS. A empresa justificava esta decisão como "uma necessidade para reduzir o bloatware", mas acredita agora que a articulação com o Vibe Pure UI, como lhe chama, já não é o melhor para a empresa.

MWC17: Lenovo Phab 2 Pro já leva realidade aumentada às empresas com ajuda do Tango
MWC17: Lenovo Phab 2 Pro já leva realidade aumentada às empresas com ajuda do Tango
Ver artigo

Esta nova estratégia é justificada com razões comerciais. De acordo com a marca, o mercado exige agora uma experiência esteticamente mais limpa e suave do Android, algo que as novas versões do sistema operativo são capazes de fornecer.

Em adição, esta medida vai facilitar o trabalho da Lenovo no que diz respeito à disponibilização de atualizações aos seus clientes. É expectável, no entanto, que não seja um exercício imediato, uma vez que a empresa deverá ainda empregar algumas alterações no que toca ao suporte para sistemas de áudio, como Dolby Atmos e TheaterMax.

O primeiro equipamento da marca a ser equipado com uma versão stock será o Lenovo K8 Note, que será lançado no próximo dia 9 de agosto e contará com a versão 7.1.1 (Nougat) do Android.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.